In√≠cio Destaque Ladr√£o pede desculpas √† v√≠tima ap√≥s ser agredido: ‚Äėme adiciona no Face‚Äô

Ladr√£o pede desculpas √† v√≠tima ap√≥s ser agredido: ‚Äėme adiciona no Face‚Äô


Por Aratu Online

Uma situa√ß√£o para l√° de inusitada aconteceu em Praia Grande, litoral de S√£o Paulo. Ap√≥s roubar o celular da v√≠tima, um ladr√£o pediu desculpas a mesma. De quebra, ainda pediu para que a jovem ‚Äď uma fot√≥grafa de 28 anos -, o adicionasse em uma rede social.

O caso ocorreu na noite desta √ļltima quarta-feira (19/9). ‚ÄúMeu tio √© mec√Ęnico e estava trabalhando com o port√£o da cal√ßada aberto, como sempre fez. Eu conversava com ele, quando esse cara passou caminhando e olhando para a gente. Ficamos atentos‚ÄĚ, conta a fot√≥grafa, que pediu para n√£o ser identificada, por seguran√ßa.

Momentos depois, o suspeito voltou e amea√ßou os dois. ‚ÄúEle veio com uma m√£o embaixo da camiseta, indicando que estava armado. Meu tio e minha tia ficaram parados, assim como eu. Ele pediu meu celular, e fui tirando devagar as coisas da bolsa. Quando ele estendeu a m√£o, percebi que n√£o havia arma‚ÄĚ, lembra.

A v√≠tima gritou, e o ladr√£o saiu correndo do local levando apenas o celular dela. Os demais familiares da fot√≥grafa resolveram acionar a Pol√≠cia Militar em meio √† confus√£o. ‚ÄúMas, depois, n√≥s pensamos: o que adiantaria esperar uma viatura? Antes de a gente terminar de pensar, os dois funcion√°rios da empresa de energia voltaram com o meu celular na m√£o. O ladr√£o jogou no ch√£o e quebrou a tela‚ÄĚ, conta.

Momentos depois, a jovem ficou surpresa quando viu o tio e o primo, ofegantes, voltando com o ladr√£o, ferido no rosto e bastante assustado. ‚ÄúO cara chegou perto de mim, juntou as m√£os e pediu desculpas, perd√£o. Ele me disse, ainda, que fazia quest√£o que eu o adicionasse no Facebook, para que ele pudesse pagar os danos ao celular‚ÄĚ.