Início Notícias Governador do Mato Grosso do Sul anuncia corte de seu salário pela...

Governador do Mato Grosso do Sul anuncia corte de seu salário pela metade

Reinaldo Azambuja classificou medida como “exemplar” para alcançar corte nos gastos públicos

Em solenidade de posse ao governo de Mato Grosso do Sul, na tarde desta quinta-feira (1º), o tucano Reinaldo Azambuja anunciou que vai cortar seu próprio salário pela metade. Para 2015, conforme aprovado pela Assembleia Legislativa, o salário será de R$$ 32,4 mil. Assim, Azambuja deverá receber R$$ 16,2 mil ao mês.

(Foto: Gustavo Lima/ Câmara dos Deputados)

“Para reduzir custos, decidimos enxugar as estruturas administrativas e, como medida exemplar, decidi cortar o meu salário pela metade. Seremos um governo que não teme ser fiscalizado”, enfatizou durante seu discurso de posse.

A medida será adotada como forma de evitar gastos, já que, conforme o tucano, o ex-governador André Puccinelli (PMDB), no fim de seu mandato, aprovou leis que oneram a máquina pública, com implantação dos planos de cargos e carreiras dos servidores e aumento no duodécimo dos Poderes.

O novo governador sustentou ainda que vai implantar mutirões de saúde em todo Estado para “para acabar com as filas vergonhosas dos pacientes”, reiterando que a saúde é prioridade e também um dos maiores desafios de seu governo.