Início Itacimirim Voluntários retiram cerca de 2 toneladas de óleo da praia de Itacimirim

Voluntários retiram cerca de 2 toneladas de óleo da praia de Itacimirim

Voluntários retiram cerca de 2 toneladas de óleo da praia de Itacimirim 1
Fotos: Guardiões do Litoral

O óleo ainda não acabou. Apesar de novas manchas não terem aparecido ao longo do litoral brasileiro, resíduos do óleo ainda podem ser encontrados em praias do Litoral Norte baiano. Neste final de semana, sábado (29) e domingo (1), voluntários do grupo Guardiões do Litoral realizaram mutirão de limpeza na praia de Itacimirim, costa de Camaçari, e retiraram cerca de duas toneladas da substância.

“Tudo isso que tiramos ou batemos com as pás, é somente petróleo. Muita gente fica na dúvida, e acha que retiramos as pedras. As placas de petróleo estão muito grandes, por isso acaba gerando essa dúvida. Mas tomamos muito cuidado para não agredir o local”, explica a voluntária Tatiane Bastos.

Na Bahia, o óleo começou a ser encontrado em outubro do ano passado e meses depois, o material pode ser visto em meio às pedras e algas, como é o exemplo de Itacimirim.

Todo óleo foi armazenado em big bags e o grupo acionou a Defesa Civil de Camaçari para destinação adequada do material coletado. O coordenador do órgão, Ivanaldo Soares, informa que nesta segunda-feira (2), uma equipe irá até o local para verificar a atual situação e retirar o material.

Bastos conta que as manchas foram descobertas na praia por um voluntário no dia 21 de fevereiro. Um monitoramento foi feito no local no dia 26 e a partir daí o mutirão foi convocado. Em Camaçari, nesta época, foram retiradas 32 toneladas de óleo, como informa a Defesa Civil.

O último grande monitoramento feito pelo Guardiões do Litoral ocorreu em 12 de janeiro deste ano, quando pequenos grupos percorreram o trajeto de Praia do Forte a Jauá. “Encontramos algumas placas de petróleo pelo caminho, mas nada em muita quantidade, que fosse necessário juntar um mutirão”, fala Tatiane Bastos.

Como a maioria dos voluntários são pessoas que frequentam habitualmente as praias, os locais estão sempre sendo observados. “Se observamos qualquer mancha, mandamos nos grupos que temos de voluntários”, pontua.

https://www.instagram.com/p/B9OuSiSFgYe/

Por Nossa Metrópole