Início E.C. Vitória Vitória arranca empate com o Corinthians no fim, mas segue ameaçado pela...

Vitória arranca empate com o Corinthians no fim, mas segue ameaçado pela degola


Por: Galáticos

Um empate com sabor de derrota. Após sair na frente do placar e ceder a virada ao Corinthians, o Vitória arrancou um 2 a 2 com o time paulista na tarde deste domingo (21), diante de pouco mais de 18 mil torcedores no Barradão.

Rhayner colocou o time baiano na frente, mas Jadson e Roger viraram para o Timão. Aos 47 do segundo tempo, Neilton desencantou e garantiu o empate.

O resultado, porém, não pode ser comemorado pelo Leão. Os comandados de Paulo Cézar Carpegiani seguem ameaçados pela degola, na 16ª colocação, com 33 pontos e a dois do Z-4.

O Vitória volta a campo na próxima sexta-feira (26), diante do São Paulo, novamente no Barradão, e precisa do triunfo para não voltar à zona de rebaixamento.

PRIMEIRO-TEMPO

O Vitória começou bem o jogo e quase abriu o placar aos seis minutos. Erick recebeu na esquerda e chutou forte. Cássio espalmou para evitar.

Um minuto depois, o time baiano encaixou uma bela troca de passes, com direito a corta luz de Arouca, até a bola chegar em Erick. O atacante emendou o chute e Cássio fez outra boa defesa.

Mas, aos oito minutos, o goleiro não conseguiu evitar. Erick rolou bola para Rhayner, o mei chutou de fora da área e acertou o canto de Cássio para abrir o placar.

Aos 20 minutos, o Leão quase aumentou. Lucas Fernandes arriscou chute da entrada da área, a bola desviou na zaga e passou tirando tinta da trave.

Porém, o Corinthians reagiu aos 30 minutos. Após cruzamento de Danilo Avelar, Jadson pegou de primeira de voleio e empatou com um belo gol.

Aos 38 minutos, o Rubro-Negro teve chance de voltar à frente. Erick recebeu passe de Lucas Fernandes na área, driblou o marcador e chutou. Cássio fez a defesa.

Já aos 39, o time paulista teve a última boa chance da primeira etapa. Em bola levantada na área, Danilo Avelar desviou de cabeça e a bola passou muito perto da trave.

SEGUNDO-TEMPO

Logo no primeiro minuto do segundo tempo, um lance polêmico. Arouca caiu na área em disputa de bola com Danilo Avelar e o estádio todo pediu pênalti. O árbitro mandou seguir.

O jogo esfriou e o Vitória só foi chegar com perigo aos 27 minutos. Fabiano arriscou chute de longe, a bola desviou na zaga e bateu na rede por cima do gol.

Aos 35 minutos, foi a vez do Corinthians assustar. Ronaldo saiu mal do gol, largou a bola nos pés de Henrique e o zagueiro tentou o chute. A bola travou na zaga e sobrou para a cabeçada de Roger. Lucas Ribeiro salvou em cima da linha.

Mas, aos 45 minutos, não teve quem evitasse. Araos deu passe para Roger, que na área tocou na saída de Ronaldo para virar a partida.

Porém, o Leão não se entregou e evitou a derrota aos 47 minutos. Jeferson cruzou bola da direita, Fabiano desviou de cabeça e Neilton encheu o pé de preimeira para estufar as redes e garantir o empate.

Vitória 2 x 2 Corinthians
Brasileirão Série A – 30ª rodada

Local: Barradão, em Salvador (BA)
Data/Horário: 21/10/2018, às 16h
Árbitro: Rafael Traci (PR). Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR). Assistentes adicionais: Edina Alves Batista (FIFA/PR) e Adriano Milczvski (PR)
Cartões amarelos: Lucas Ribeiro (VIT); Douglas, Romero (COR)
Gols: Rhayner, Neilton (VIT); Jadson, Roger (COR)

Vitória
Ronaldo; Jeferson, Lucas Ribeiro, Aderllan e Fabiano; Arouca, Willian Farias e Rhayner (Rodrigo Andrade); Lucas Fernandes (Neilton), Erick e Walter Bou (Léo Ceará). Técnico: Paulo Cézar Carpegiani.

Corinthians
Cássio; Fagner, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Douglas (Araos); Romero, Jadson e Pedrinho (Clayson); Emerson Sheik (Roger). Técnico: Jair Ventura.