Início Bahia Vinte e uma pessoas são assassinadas no feriadão do trabalhador

Vinte e uma pessoas são assassinadas no feriadão do trabalhador

Vinte e uma pessoas são assassinadas no feriadão do trabalhador 1

Entre os dias 01 e 03 de maio, período que compreende o feriado do dia do Trabalho e o primeiro fim de semana do mês, 19 homens e duas mulheres foram assassinados em Salvador e Região Metropolitana (RMS). Desse total, 57% dos crimes ocorreram na RMS, um total de 13 homicídios nos municípios Itaparica, Camaçari, Dias D’Ávila, Candeias e Simões Filho.

Na capital baiana, o restante das mortes (nove), aconteceram nos bairros de Rio Sena, Pituba, Mata Escura, Cajazeiras XI, Federação, Pero Vaz, Cajazeiras X e Valéria.

Se somado aos crimes de tentativa de homicídio, o número sobe para 24 ocorrências, visto que apenas em Salvador três homens foram vítimas deste tipo de crime em bairros periféricos de Nova Brasília de Valéria, São Marcos e Paripe.

Registro para o duplo homicídio em Simões Filho, duas lideranças comunitárias de Alto de Coutos foram sequestrados e mortos com os corpos dispensados na na Via Periférica I, em frente a fábrica da Ipê com marcas de tiro. Eles foram identificados como Leandro e Luciano Melo, este último trabalhava com o vereador Felipe Lucas (MDB).

Um suposto caso de feminícidio também ocorreu no período, uma mulher identificada como Odilane Almeida dos Santos, de 26 anos, foi morta a tiros, na noite desta sexta-feira (1º), em Itaparica. O namorado da vítima, considerado pela polícia como suspeito, fugiu após o crime.

Em Camaçari houve dois assassinatos, sendo um em monte gordo e o outro no sábado(02) entre a Radial B e C.