Início Brasil Vídeo: Policial militar é preso após fazer funcionária da Gol refém em...

Vídeo: Policial militar é preso após fazer funcionária da Gol refém em aeroporto

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE

Um policial militar foi preso na noite desse domingo (11) pela Polícia Federal, após fazer refém uma funcionária da companhia aérea GOL no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.

Segundo a CNN Brasil, o homem usava uma caneta para ameaçar a vítima e afirmava carregar uma bomba na mochila. Ele também exigia a presença de policiais que atuam no terminal e o envio das imagens à imprensa.

O agressor se rendeu após rápida negociação e liberou a vítima, que não se feriu. Ele foi detido, e a polícia apura a motivação das ameaças. Segundo a PF, o homem teve um surto.

Em nota, a GOL afirmou que está dando todo o suporte necessário à colaboradora. A GRU Airport, concessionária que administra o aeroporto, confirmou o caso e disse que a “ocorrência foi controlada em poucos minutos pela Polícia Federal, em total segurança, e não houve feridos”.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

Nota da Gol na íntegra
“A GOL está ciente do ocorrido no Aeroporto Internacional de São Paulo (GRU Airport) hoje e informa que está dando todo o suporte necessário à colaboradora, que não sofreu quaisquer ferimentos e encontra-se bem.

A Polícia Federal está no comando das investigações e a Companhia está à disposição para prestar todo o suporte necessário. A ocorrência ficou restrita à sala de embarque do aeroporto e o envolvido no caso não era passageiro da GOL em nenhum dos seus trechos de origem ou destino.”

Nota do Aeroporto de Guarulhos
“A GRU Airport, concessionária que administra o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, informa que na noite de 11 de abril os órgãos responsáveis pela segurança do Aeroporto foram acionados para controlar um passageiro que, utilizando uma caneta, fez uma tripulante como refém em um dos portões de embarque do terminal 2. A ocorrência foi controlada em poucos minutos pela Polícia Federal, em total segurança e não houve feridos. O incidente não impactou as atividades e as operações do aeroporto. O passageiro foi encaminhado para delegacia e as causas da ocorrência estão sendo apuradas pelas autoridades competentes.”

Tópicos