Início Bizarro Vídeo: Múmia encontrada em mochila de entregador peruano tinha mais de 600...

Vídeo: Múmia encontrada em mochila de entregador peruano tinha mais de 600 anos

A polícia do Peru apreendeu no fim de semana uma múmia pré-hispânica na mochila de um entregador, que estava em sua casa há cerca de três décadas, segundo um comunicado oficial e um vídeo que viralizou nas redes sociais. Com informações do G1

Julio César Bermejo, o homem de 26 anos que possuía os restos mortais mumificados, está detido enquanto o Ministério Público apura as circunstâncias do caso. Ele alegou que a múmia era sua “namorada espiritual”, mas a polícia suspeita de contrabando.

O Ministério da Cultura peruano informou que “o bem cultural pré-hispânico” tem entre “600 e 800 anos” e foi identificado como “um indivíduo masculino adulto mumificado, presumivelmente da zona leste de Puno”, região nos Andes peruanos.

>> Veja o vídeo << A polícia encontrou a múmia no sábado (26) enquanto patrulhava um parque na cidade de Puno, onde Bermejo se encontrava com amigos. Em declarações feitas em vídeo a um jornalista local, Bermejo disse que a múmia, a quem chama "carinhosamente" de "Juanita", estava há "quase 30 anos" em sua casa, levada por seu pai. "Ele pegou de um policial por dinheiro que ele havia emprestado e depois se apegou", contou o jovem. "Em casa ela fica no meu quarto, dorme comigo. Eu cuido dela, eu a mantenho, ela é como minha namorada espiritual", acrescentou. No entanto, ao verificar os restos mortais, um especialista do Ministério da Cultura afirmou que "não é Juanita, é Juan", apontando se tratar de um homem de pelo menos 45 anos, dada a conformação da estrutura óssea do crânio. Bermejo negou ter tentado vender a múmia e alegou que a transportava na mochila térmica de entregas em domicílio porque seus 'amigos queriam vê-la" antes de doá-la a um museu da região. "Se me comporto mal, ela me castiga, puxa meu pé", disse ele, descrevendo-a como "uma energia". No comunicado divulgado no domingo, o Ministério da Cultura informou que "ordenou de imediato a custódia" dos restos mortais mumificados, "a fim de proteger e preservar o patrimônio". O Peru tem um patrimônio arqueológico inestimável. O destino mais cobiçado pelos turistas no país é a cidadela de pedra de Machu Picchu, construída no século XV pelo imperador inca Pachacútec, perto de Cusco, a capital imperial inca.