Início E.C. Bahia VÍDEO: com fogos e aos gritos de ‘marqueteiro’, Bamor protesta em frente...

VÍDEO: com fogos e aos gritos de ‘marqueteiro’, Bamor protesta em frente ao prédio de Bellintani; PM foi acionada

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE

A Bamor, maior torcida organizada do Bahia, protesta, na noite desta quarta-feira (12/1), em frente ao prédio do presidente do clube, Guilherme Bellintanti, no Corredor da Vitória, em Salvador. Uma guarnição da Polícia Militar (PM) foi acionada e está em frente à residência do dirigente, que até o momento não fez nenhuma declaração a respeito.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

Em vídeos compartilhados nas redes sociais, os torcedores balançam a bandeira da Bamor e cantam o hino do Bahia. Eles também chamaram Bellintani de “marqueteiro” e soltaram diversos fogos.

SEGUNDA VEZ

Este é o segundo protesto do grupo em menos de uma semana. No último sábado (8), integrantes da Bamor foram até o Centro de Treinamento (CT) Evaristo de Macedo, em Dias D’Ávila. Estavam presentes no local jogadores e o próprio Bellintani, que foi cobrado pessoalmente pelos torcedores.

Em um dos vídeos obtidos pela reportagem do Aratu On, é possível ver uma cobrança mais dura de um dos integrantes da organizada. “Vai procurar onde é a residência, vai vir auqi direto com o “busu”, vai ficar escoltando lá na frente. Vai fazer o demônio. (trecho inaudível). Se a gente não ver sangue, não dar duro, vai ser o diabo e nós aqui com vocês”, disse o torcedor.

Em nota publicada no Instagram, a Bamor afirmou que foi ao centro de treinamento do Tricolor para “mostrar indignação com o que vêm ocorrendo dentro do clube”.

“Cobramos da nossa forma, direta e olho a olho com cada jogador. O recado foi dado, é o início de todas às outras que terão durante a temporada caso o Bahia não tenha uma postura vencedora e compatível com a força da nossa torcida. Apoiaremos e cobraremos na mesma intensidade O ANO TODO!”, diz trecho da nota.

“Não aceitaremos nada menos que um time competitivo e o acesso nesse ano, não importa às circunstâncias, cumpram com seus papéis!”, conclui o comunicado.

Com informações do Aratu ON