Início Camaçari Vídeo: cliente acusa funcionários da Mahalo do shopping Outlet Premium Salvador de...

Vídeo: cliente acusa funcionários da Mahalo do shopping Outlet Premium Salvador de constrangimento

Por: Tony Silva | BNews

Duas mulheres, que preferiram o anonimato, estão acusando seguranças da loja Mahalo do shopping Outlet Premium Salvador, localizada na Estrada do Coco, em Vila de Abrantes, Região Metropolitana de Salvador (RMS), de constrangimento. Segundo o relato, por volta das 20h de quinta-feira (28), após realizarem compras no estabelecimento, elas foram perseguidas por seguranças que as abordaram com a acusação de furto.

Ainda conforme o relato, a vítima, que é professora e estava na companhia da irmã, realizou compras de alguns produtos na Mahalo e foi em outra loja no mesmo corredor. Em seguida foi à praça de alimentação, onde encontrou a irmã e seguiu para o estacionamento. Após entrar e ligar o carro, a professora viu dois homens por trás do veículo forçando a maçaneta do carro, quando, assustada, ela deu ré e conseguiu sair em direção à portaria, onde uma barreira já estava formada.

A vítima também disse que a abordagem gerou um enorme constrangimento. “Eles fecharam as cancelas e o portão, e fizeram uma barreira humana. Eu não entendia o que estava acontecendo. Os seguranças chegaram acusando e perguntando onde estava o produto que ‘havíamos subtraído’ e, perplexa, perguntei, ‘que produto?’, pois nem sabia de que loja eles eram, eles não se identificaram”, relata.

Depois de entender que se tratava dos seguranças da Mahalo, a professora e a irmã apresentaram nota fiscal e, insatisfeitos, segundo ela, os seguranças seguiram acusando-as: “Ele disse que nós dispensamos o suposto produto furtado. Em seguida, mandou que a gente acompanhasse eles até a loja e um tentou tirar foto do meu carro”.

As vítimas também relatam que quando chegaram ao estabelecimento, os produtos biparam e ela esvaziou a bolsa. Durante a confusão, uma guarnição da Polícia Militar foi acionada e no local ficou constatado que não havia nenhum problema.

Siga nosso Instagram: @seligacamacari | Confira as vagas de emprego: VagasEmCamaçari | VagasBahia

Ainda conforme a denúncia, diante da confusão, o gerente admitiu que houve um erro da loja e apenas “pediu desculpas” ao marido da professora. A loja não manifestou mais nenhum tipo de reparo pelo constrangimento vivido pelas clientes. O caso foi registrado na 26ª Delegacia Territorial (DT) de Vila de Abrantes e na administração do Outlet Premium. As vítimas prometeram acionar a Mahalo na Justiça.

Procurado pelo BNews, o gerente da loja Mahalo, Gabriel Bastos, argumentou que a cliente ficou agitada após o bipe disparar e os seguranças pedirem para verificar o produto. “A cliente realizou compras na loja. Ao sair alarmou e os seguranças pediram para ver se o produto estava sem alarme. Quando a cliente viu que estava sem alarme, começou a se exaltar. Ela abriu a bolsa e jogou as coisas no chão sem ninguém pedir”, alega.

Ainda conforme o gerente da Mahalo, a bolsa da cliente estava com algum objeto magnético que estava disparando o alarme, o que não seria necessariamente um produto da loja. Gabriel negou as acusações de que os seguranças forçaram a porta do carro e acusou a cliente de arrancar com o carro contra os seguranças. “Quase ela atropela os seguranças”. Ele disse ainda, que desconhece que houve barreira na saída do shopping.

O gerente ainda disse que o esposo da cliente esteve na loja. “Nós conversamos e pedimos desculpas a eles”, disse Gabriel, que ainda destacou o procedimento padrão do estabelecimento. “Geralmente, nós conduzimos até a porta para evitar problemas com sensores e no caso de algum disparo de sensor, fazemos o acompanhamento ainda na porta da loja”.

Parte da confusão foi filmada por quem presenciou a cena. Veja as imagens:
https://youtu.be/iuQ4-IOva54