Início Destaque Vereadoras trocam farpas após aprovação de lei que proíbe carroças em Salvador

Vereadoras trocam farpas após aprovação de lei que proíbe carroças em Salvador

Vereadoras trocam farpas após aprovação de lei que proíbe carroças em Salvador 1
Por: Pixabay

As vereadoras Marcelle Moraes (DEM) e Ana Rita Tavares (PT) trocaram farpas na sessão ordinária desta terça-feira (25). Tudo por causa da aprovação do projeto de Lei n°51/2019 que proíbe o uso de carroças puxadas por animais de grande porte (cavalos e outros) no município de Salvador, de autoria da democrata. Ela foi à tribuna do Plenário para agradecer a aprovação da proposta, mas atacou a rival, que votou contra o texto final.

“Infelizmente, existem algumas pessoas que são protetores e votam contra. Esses protetores só são protetores do seu próprio umbigo porque dos animais aqui em Salvador, só sou eu”, alfinetou Marcelle, sem citar Ana Rita nominalmente.

O texto só foi aprovado após o vereador Sidninho (Podemos) apresentar uma emenda que permite o trânsito desses animais, desde que controlado por associações devidamente registradas no Minstério da Agricultura. As Forças Armadas e a Polícia Militar também continuarão autorizadas a montar nos animais.

Ana Rita resolveu responder chamando o projeto aprovado de “engodo”. “Não podia jamais, como ativista e protetora dos animais, aprovar um projeto que vai na contramão de todo o movimento animal”, esbravejou. “A emenda diz que proíbe a circulação de veículos de tração e animais com carga, mas permite a particiação de animais com prévia autorização do Executivo em evento expositivos, cívicos e outras atividades que não ofereçam maus tratos aos animais”, rebateu, afirmando que a aprovação é uma “afronta a toda a luta do movimento de proteção animal”.

A lei entrará em vigor 90 dias após a sanção do prefeito ACM Neto (DEM) e publicação no Diário Oficial do Município.

Com informações do BNews