Início Camaçari Vereador de Camaçari é denunciado por estimular ocupação irregular de praia

Vereador de Camaçari é denunciado por estimular ocupação irregular de praia

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE

Moradores de Guarajuba e de Monte Gordo denunciaram o vereador Dilson Vasconcelos Soares, conhecido como Dentinho do Sindicato (PT), por ter supostamente incentivado a ocupação irregular de praias da região.

A denúncia feita pela Associação de Moradores de Guarajuba, com o apoio da comunidade vizinha, foi protocolada em órgãos como Ministério Público estadual, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema).

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

“O vereador promove e orquestra badernas e tumultos estimulando os mais humildes que, sem qualquer conhecimento, são induzidos à prática de crimes contra o meio ambiente em uma área de preservação ambiental permanente”, narra a denunciante.

O local teve uma ação da prefeitura de Camaçari no último dia 20, quando, por recomendação do Ministério Público estadual, agentes da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) removeram estruturas do comércio irregular instalado nas praias.

Procurado pelo Portal A TARDE, o vereador disse que esteve no local no último domingo, 24, mas negou que tenha estimulado a ocupação da área de restinga.

“Lá, tem um pessoal que trabalha com aluguel de sombreiro, cadeiras e mesas há cerca de 20 anos. As barracas não são fixas, são montadas pela manhã e retiradas no fim do dia. Agora, o condomínio que chegou lá há seis anos quer impedir a colocação das barracas, mas a área é da União”, rebateu o legislador, que pretende debater o impasse em uma audiência pública na Câmara do município.

Com informações do Portal A tarde