Início Futebol VAR da Copa do Brasil terá menos câmeras que a Copa e...

VAR da Copa do Brasil terá menos câmeras que a Copa e imagens da Globo, diz CBF


Por Galáticos Online

O árbitro de vídeo da Copa do Brasil terá menos da metade das câmeras da Copa do Mundo da Rússia-2018 e usará imagens da Globo e Fox Sports, transmissoras da competição.

A informação foi confirmada pela comissão de arbitragem da CBF nesta segunda-feira (30), ao explicar o funcionamento da tecnologia a partir das quartas de final da competição, que começa na próxima quarta-feira (1).

Serão entre 14 e 16 câmeras nos jogos do campeonato, enquanto a Fifa utilizava 35 equipamentos por partida no Mundial.

Pelo protocolo da Fifa, é obrigatório que seja utilizadas as imagens das transmissões dos jogos. Há ainda uma empresa contratada para operar o VAR em cada um dos oito estádios.

“Vamos utilizar 14, 15 ou 16 câmeras. São duas empresas, Globo e Fox. É bom esclarecer que com sete câmeras, já teremos 95% de todos os lances. Uma situação especial, uma mão escondida [pode passar]. Nós vamos recorrer a todas as imagens disponíveis. Temos solução para todos os lances”, analisou Manoel Serapião, coordenador do árbitro de vídeo no Brasil.

O custo da operação será de R$ 50 mil por jogo, ou R$ 700 mil até a final da competição. A Broadcast será a empresa responsável por estruturar o árbitro de vídeo nas partidas, após ganhar a concorrência promovida pela CBF, que contou com dez postulantes a fornecedor do serviço.

A CBF divulgou também a escala de arbitragem para os jogos de ida das quartas de final da Copa do Brasil.

Para este ano, o VAR (sigla em inglês para Video Assistant Referee) foi rejeitado no Campeonato Brasileiro porque a CBF não quis arcar com os custos e jogou a responsabilidade para os clubes, que não aceitaram pagar o valor proposto –R$ 50 mil por jogo, o mesmo que será pago pela entidade na Copa do Brasil.

Para partida entre Bahia e Palmeiras, nesta quinta-feira (2), o árbitro principal escolhido pela CBF para apitar o duelo na Fonte Nova é Anderson Daronco. Já para a arbitragem de vídeo, o escolhido é o também gaúcho Leandro Pedro Vuaden.

Confira todo o quadro de arbitragem para Bahia x Palmeiras:

Árbitro: Anderson Daronco (FIFA/RS)
Assistente 1: Guilherme Dias Camilo (FIFA/MG)
Assistente 2: Kleber Lucio Gil (FIFA/SC)
Quarto árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (CBF/RS)
Árbitro de vídeo: Leandro Pedro Vuaden (CBF/RS)
Auxiliar de vídeo: Ivan Bohn (CBF/PR)
Auxiliar de vídeo: Rodolpho Toski (CBF/PR)