Início Brasil TSE rejeita recurso de Caetano e petista fica proibido de assumir mandato

TSE rejeita recurso de Caetano e petista fica proibido de assumir mandato

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE

por Cláudia Cardozo / Rodrigo Daniel Silva | Bahia Notícias

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitou, nesta terça-feira (18), o recurso do deputado federal Luiz Caetano (PT) e o petista está proibido de assumir o mandato. Com a decisão, o suplente Charles Fernandes (PSD) ficará com o cargo.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

Leia mais: Caetano é diplomado deputado pela Justiça Eleitoral; inelegibilidade será julgada por TSE nesta terça

A determinação da Corte eleitoral foi por unanimidade. Votaram pela rejeição do recurso: Admar Gonzada, Tarcísio Vieira de Carvalho Neto, Luís Roberto Barroso, Jorge Mussi, Og Fernandes e Rosa Weber, Edson Fachin.

Caetano teve a candidatura indeferida após ser enquadrado pela Lei da Ficha Limpa por uma condenação por improbidade administrativa