Início Polícia Três PMs são presos quando tentavam vender uma submetralhadora artesanal no bairro...

Três PMs são presos quando tentavam vender uma submetralhadora artesanal no bairro do Barbalho

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE

Três soldados da Polícia Militar, lotados na 2ª Companhia Independente (CIPM/Barbalho), foram presos, em flagrante, na tarde de terça-feira (25/1), por PMs da Operação Apolo, por negociarem a venda de uma submetralhadora de produção artesanal, no bairro do Barbalho, em Salvador.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

A PM informou ao Aratu On que a guarnição recebeu a denúncia de suposta venda de armamento e iniciou o acompanhamento. No momento do flagrante, um dos acusados estava com a submetralhadora no próprio veículo e, durante a abordagem, confessou o destino da arma de fogo e das munições.

Ainda de acordo com a PM, os três policiais militares foram conduzidos à Corregedoria da Corporação, onde foi lavrado o auto de prisão em flagrante e estão custodiados na Coordenadoria de Custódia Provisória (CCP), em Lauro de Freitas.

Será instaurado um Inquérito Policial Militar (IPM), que apura na esfera penal, e um Processo Administrativo Disciplinar (PAD), que pode resultar na exclusão dos militares das fileiras da corporação.

Com informações do Aratu On