Início Brasil Três PMs são presos por extorquir dinheiro de motoristas em blitz

Três PMs são presos por extorquir dinheiro de motoristas em blitz

As pris√Ķes aconteceram durante uma opera√ß√£o da Corregedoria da PM

Tr√™s policiais do 5¬ļ BPM (Pra√ßa da Harmonia) foram presos em flagrante por extorquir dinheiro de motoristas no Centro do Rio. As pris√Ķes aconteceram durante uma opera√ß√£o da Corregedoria da PM na Rua General Luis Mendes de Moraes, pr√≥ximo √† Rodovi√°ria Novo Rio, onde acontecia uma blitz. Os investigadores passaram a tarde filmando a a√ß√£o dos agentes, ap√≥s receberem diversas den√ļncias de que os policiais respons√°veis pela blitz estariam liberando motoristas sem documenta√ß√£o mediante pagamento de propina.

Nas imagens feitas pelos policiais, obtidas pelo EXTRA, √© poss√≠vel ver uma motorista separando o dinheiro que seria dado aos policiais. A mulher, ap√≥s ser liberada pelos agentes mesmo sem carteira de habilita√ß√£o e com o ve√≠culo ‚ÄĒ um Gol prata ‚ÄĒ em situa√ß√£o irregular, confessou √† Corregedoria que pagou R$ 300 para os PMs.

Durante a ação, os investigadores também descobriram que os PMs usavam um motorista de reboque a serviço de uma empresa terceirizada para pedir as quantias aos motoristas em situação irregular. O homem, segundo o depoimento da vítima, se identificava como fiscal do Detran para fazer as cobranças, mas na verdade trabalha para uma empresa terceirizada que acompanha as blitzes.

De acordo com a v√≠tima, foi um dos PMs que afirmou a ela que o motorista do reboque seria um fiscal: ‚Äúo policial militar respondeu que n√£o poderia ajudar, pois n√£o era somente ele que estava na opera√ß√£o, que tamb√©m tinha um fiscal com ele e iria rebocar seu ve√≠culo; ent√£o o policial militar foi at√© o fiscal‚ÄĚ. Em seguida, a motorista foi perguntar ao motorista do reboque, que se dizia fiscal, o que aconteceria com seu carro. ‚ÄúOlha, se seu carro for rebocado, voc√™ vai ter que pagar multas e taxas, e isso ficaria em torno de uns R$ 250 a R$ 300‚ÄĚ, teria dito o homem.

Os R$ 300 foram apreendidos pelos agentes da Corregedoria. Foram presos pelo crime militar de concussão o sargento Hugo Guilherme de Carvalho, o cabo Leonardo de Oliveira Gama e o soldado Roberto Meirelles Pereira Filho. O motorista do reboque, identificado como Vanderlei da Silva Guimarães, foi levado à Central de Garantias, onde também foi preso em flagrante. *Por iBahia

Veja o Vídeo