Início Bahia Torcedores da Bamor acusados de agredir rubro-negro são soltos após pagar fiança

Torcedores da Bamor acusados de agredir rubro-negro são soltos após pagar fiança

Matheus Pires Castro, 28 anos, Sérgio Soares Brandão, 37, e o presidente da Torcida Organizada do Bahia, Luciano da Silva Venâncio, 34, foram soltos na tarde desta quinta-feira (7). Eles foram presos após agredir um jovem de 21 anos, na BR-110, no bairro Gravito, nas proximidades do Clube do Cavalo, em Catu, Região Metropolitana de Salvador, na noite desta quarta-feira (6).

De acordo com o advogado dos acusados, Otto Lopes, os três foram soltos sob fiança de valor não revelado. Os outros dois envolvidos, Tiago Tiburcio dos Santos, 33 anos, e George da Silva Mata, 35, foram liberados na quarta (6).

Questionado sobre as facas que foram encontradas com os torcedores, Lopes negou que o material estava com eles.

“Ao analisar os autos, a representante do Ministério Público deu parecer de liberdade provisória, que foi reiterado pela defesa e acolhido pela magistrada responsável da análise dos autos”, relatou o advogado.

Por BNews