Início Polícia Suspeitos que ostentavam armas no Facebook são mortos em confronto com a...

Suspeitos que ostentavam armas no Facebook são mortos em confronto com a Rondesp

Ambos foram socorridos para o Hospital do Subúrbio, mas não resistiram


Por Varela Notícias

Guarnições da 31 Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Valéria) e das Rondas Especiais (Rondesp) Baía de Todos os Santos (BTS) surpreenderam o líder de uma quadrilha que ostentava fotos armado.

‘Leo Camelo’, como era conhecido entre os comparsas, foi o autor do assassinato do sargento PM aposentado Eduardo Henrique, ocorrido em 2016, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Os militares faziam uma operação de rotina quando visualizaram cerca de seis homens armados. O grupo atirou e houve confronto, na localidade Rio Verde, no bairro de Valéria.

Leo Camelo, procurado pela polícia por ser líder de uma quadrilha de traficantes, autor de homicídios e constantemente divulgar fotos armados, acabou ferido, juntamente com um comparsa ainda não identificado.

Ambos foram socorridos para o Hospital do Subúrbio, mas não resistiram. Com os criminosos foram apreendidos duas pistolas calibres 45 e 380, além de carregadores e munições. Diligências continuam sendo realizadas em busca de outros integrantes do bando.