Início Destaque Suspeito de matar estilista na Pituba, “DJ Frajola” é encontrado morto dentro...

Suspeito de matar estilista na Pituba, “DJ Frajola” é encontrado morto dentro de apartamento

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE

João Miguel Pereira Martins, suspeito de matar a ex-namorada no bairro da Pituba, em Salvador, foi encontrado morto no seu apartamento, no Caminho das Árvores, na Rua do Benjoin.

A informação foi confirmada ao Aratu On pela comandante da 35ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), major Leila Aragão.

LEIA MAIS:
Morre estilista baleada pelo ex-namorado na Pituba; suspeito já tinha histórico de violência
DJ que deu 4 tiros na ex-namorada na Pituba hoje já sequestrou outra mulher

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

De acordo com a oficial, os detalhes da ocorrência ainda estavam sendo apurados até a publicação desta reportagem, mas a suspeita é que ele tenha cometido suicídio com a mesma arma que atirou contra a estilista Tatiana Fonseca, de 38 anos. Ela foi socorrida, mas não resistiu.

Segundo apuração do Aratu On, João, que era DJ, conhecido como “Frajola”, tinha antecedentes de violência contra mulheres, registrados na Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM).

Em uma das ocasiões, a vítima foi a mãe de um suposto filho de João Miguel. Ela procurou a unidade policial para relatar que era perseguida pelo ex-companheiro em sua residência, através das redes sociais e no caminho do trabalho.