Início Camaçari STT avalia mudanças na mobilidade urbana do centro de Camaçari

STT avalia mudanças na mobilidade urbana do centro de Camaçari

O fluxo de veículo opera em uma dinâmica diferente em algumas ruas no Centro de Camaçari desde o último sábado (20/10). É que foram implantadas mudanças nas linhas de ônibus do transporte público e no trânsito – medidas que visam facilitar o dia a dia de usuários do serviço, além de motoristas e pedestres que trafegam pelos locais. As alterações vão resultar, ainda, na geração de mais vagas de estacionamento na região.

Realizada pela Prefeitura de Camaçari, por meio da Superintendência de Trânsito e Transporte Público (STT), as mudanças acontecem em conformidade com a portaria de nº 848, publicada no dia 25 de setembro. De acordo com o superintendente de Trânsito e Transporte Público, Armando Yokoshiro, as mudanças foram motivadas pela necessidade de solucionar os conflitos que existiam na Rua Delegado Clayton Leão, na saída do bairro Nova Vitória, além das avenidas do Contorno do Centro Administrativo e Deputado Luís Eduardo Magalhães e as demais vias de acesso.

Conforme Armando Yokoshiro, a avaliação dos quatro primeiros dias, nas operações de trânsito e transporte, é considera positiva. “Mesmo com todo o planejamento, sabemos que mudanças acarretam em situações inesperadas. O importante é que estamos preparados para realizar os ajustes já nessa primeira semana, visto que o acompanhamento das operações acontece dia a dia”, declarou.

O superintendente informou ainda que, com as modificações no trânsito, foram criadas mais vagas para estacionamento na região, localizadas na Avenida Deputado Luís Eduardo Magalhães e nas ruas Goiás, da Natividade e Nossa Senhora de Fátima, que fica ao lado do Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães.

Ainda de acordo Armando Yokoshiro, durante os primeiros 15 dias, profissionais da Gerência de Educação para o Trânsito (Gedut) da STT, bem como da equipe de fiscalização de trânsito, farão uma ação de conscientização para orientar condutores, ciclistas e pedestres sobre as mudanças. “A intenção é de que nessas primeiras duas semanas as orientações sejam intensificadas e que os ajustes necessários aconteçam visando minimizar os transtornos para a população”.

Em caso de dúvidas ou reclamações, o cidadão deve ligar para a Ouvidoria da STT no telefone (71) 3622-7788.

TRÂNSITO
Com a mudança, a Rua Delegado Clayton Leão Chaves passa a ter mão única no trecho que vai da Avenida do Contorno do Centro Administrativo até o cruzamento com a Avenida Deputado Luís Eduardo Magalhães, devendo os carros seguirem sentido Centro da cidade. Já o trecho que vai da Avenida Luís Eduardo até a Rua Paranapanema, terá sentido duplo. Dessa forma, os veículos vindos da Rua da Natividade, que acessarem a Rua Delegado Clayton Leão, deverá obrigatoriamente fazer a conversão à direita, na Avenida Luís Eduardo.

Toda extensão da Rua Goiás também terá sentido único em direção à Avenida Francisco Drumond, via que também terá mudança de curso, no trecho que vai do cruzamento com a Avenida Luís Eduardo até o encontro com a Avenida do Contorno, devendo os veículos seguir em direção à Avenida Contorno. A partir deste mesmo cruzamento, é possível também seguir em direção à Eixo Urbano Central, como já ocorria antes, mas não há mais trânsito no sentido oposto na Francisco Drumond a partir da Avenida Eixo Urbano Central em direção à Luís Eduardo. A conversão à esquerda para a Rua Vera Lúcia Pestana Fróis – rua onde fica a Casa do Trabalho – está mantida.

Na Rua Oito de Dezembro, os veículos só poderão seguir no sentido da Rua da Alegria, que do encontro com a Rua Goiás até a Oito de Dezembro terá sentido duplo e funcionará com mão-inglesa (tráfego pela esquerda). Ainda na Rua da Alegria, da interseção com a Oito de Dezembro até a Avenida do Contorno, o sentido será único, devendo descer apenas em direção ao Centro Administrativo.

Essas mudanças no trânsito podem ser visualizadas AQUI

TRANSPORTE

No transporte, o que acontece é uma racionalização das linhas de transporte para poder atender melhor e ter viagens mais rápidas entre os bairros e o Centro da cidade. Será iniciado o novo processo de integração, em fase de teste, até o dia 5 de novembro. A partir deste dia e da avaliação realizada, uma data para efetivação permanente do sistema integrado será definida e divulgada. O objetivo é facilitar a vida do cidadão que utiliza o transporte público em Camaçari.

O serviço passará a funcionar de forma integrada em diversos locais da cidade, e não apenas no Terminal de Integração Rodoviária (TIR), que será extinto. Qualquer ponto de ônibus do município servirá de local para um novo embarque, de forma gratuita, caso esteja dentro do período de 40 minutos. Para isso, o usuário do transporte deve possuir o Camaçari Card. No pagamento em espécie não tem como fazer a integração.

Para atender à demanda dos usuários, novos postos do Camaçari Card deverão ser abertos em breve. Atualmente, o único posto fica na praça do bairro dos 46. Inicialmente, está sendo providenciada a abertura de mais dois postos de atendimento, um no Edifício Montblanc, situado em frente a linha do trem, no centro da cidade, e outro na Estação Rodoviária. A intenção é de que, futuramente, outras unidades sejam distribuídas nos bairros, para facilitar a recarga e o atendimento aos usuários. Não será cobrado nenhum valor para aquisição da primeira via.

Quem ainda não possui o Camaçari Card e tem interesse, pode procurar o posto do serviço, localizado na Rua Cruz das Almas, nº 17, no bairro dos 46. O horário de funcionamento é das 8h às 17h, com intervalo para o almoço. É preciso levar a carteira de identidade, o CPF e um comprovante de residência.