Início Famosos Solange Almeida fala sobre preconceito e atentado no início de sua carreira:...

Solange Almeida fala sobre preconceito e atentado no início de sua carreira: “Levou o tiro no meu lugar”

Solange Almeida fala sobre preconceito e atentado no início de sua carreira: “Levou o tiro no meu lugar” 1
Foto: divulgação

A cantora Solange Almeida, em uma participação ao Arquivo Confidencial, fez declarações que chocou o público e relembrou momentos do início de sua carreira. O segurança da cantora, Junior Bomba, também contou uma situação do passado que emocionou a platéia.

Junior, também no programa, explicou como salvou a vida de Solange no momento que ocorria um show em Natal, empurrando a cantora e levando um tiro em seu lugar. A cantora também comentou sobre o ocorrido.

“Começou uma confusão e o Junior, na hora que viu o rapaz sacar a arma em direção a mim, me empurrou e levou o tiro no meu lugar. Fiquei ali sem saber o que fazer”, contou.

Além disso, a ex-Aviões do Forró falou sobre o preconceito que sofreu quando começou sua carreira. Segundo ela, o público fazia duras críticas sobre o seu corpo.

“Aconteceu um fato que me marcou muito. Eu era gordinha, desci do avião, estava toda feliz, era a primeira vez que eu ia estar na cidade. Quando chego no aeroporto, tinha um grupinho que disse assim: ‘Cadê a Solange? Quero conhecer a Solange’. Disseram: ‘É aquela ali?’. ‘Ai, não acredito que passei duas horas para ver uma baleia descer do avião”, disse.

A artista ainda declara que foi diversas vezes barrada em programas de TV e perdeu muitas oportunidades por conta do seu peso.

“Tinham bandas que não me queriam. Era muito preconceito. Tinha uma banda, antes do Aviões, que tinha uma certa visibilidade, estava sempre fazendo programa de TV. Uma música que gravei estava fazendo sucesso, uma versão da Celine Dion. Fui em um programa de TV e disseram assim: ‘Você não vai entrar, quem vai dublar a sua voz é a cantora bonita’. Falei: ‘Ela não vai. Se ela entrar, eu quebro tudo’. A menina não entrou me dublando, mas eu também não entrei.”

Solange Almeida também falou sobre a perda da mãe, seus filhos e sua infância. A cantora fazia parte da banda Aviões do Forró e já cantou em diversas bandas como “Caciques” e “Doce Mania”.

Por Varela Notícias