Início Notícias Sobe para 13 número de mortos em tiroteio no Cabula

Sobe para 13 número de mortos em tiroteio no Cabula

Divulgação/Polícia Militar

Armas, drogas e celulares foram encontrados pelos policiais

Subiu para 13 o número de pessoas que morreram durante uma troca de tiros entre suspeitos e policiais militares da Rondesp, por volta de 2h40 desta sexta-feira, 6, na Estrada das Barreiras, no bairro do Cabula, em Salvador.

De acordo com informações da Polícia Militar da Bahia (PMBA), os policiais da Rondesp receberam uma informação da Central de Polícia (Centel) sobre um grupo suspeito, composto por cerca de 30 pessoas, que planejava arrombar uma agência bancária na Estrada das Barreiras.

Em nota, a polícia explica que a guarnição foi enviada ao local e percebeu que os suspeitos estavam escondidos em uma baixada. Segundo informações que circulam por grupos da polícia, os suspeitos vestiam uniformes do Exército, portavam armas de fogo e estavam a bordo de carros e motocicletas.

Eles começaram a atirar contra os agentes e um sargento foi atingido de raspão na cabeça.

Os policiais reagiram e, segundo informações atualizadas pelo Departamento de Comunicação Social da Polícia, foram baleados 16 criminosos. Destes, 13 morreram, dois passaram por cirurgia no Hospital Roberto Santos e um passa bem após ser atingido por um disparo na perna. Já o sargento foi socorrido e liberado.

Entre os envolvidos, foram identificados até o momento Arão de Paula Santos, de 23 anos, Luan Lucas Vieira de Oliveira, de 20, Elenilson Santana da Conceição, de 22, e o adolescente L.M.B, de 15 anos.

Com o grupo, foram encontradas 16 armas e uma grande quantidade de drogas, que não foi especificada pela polícia.

A nota enfatiza ainda que “as ações estão intensificadas no local com o objetivo de garantir a tranquilidade da população”.

Em entrevista coletiva realizada na manhã desta sexta, sobre a programação para o Carnaval, o governador Rui Costa afirmou que o caso não vai prejudicar o estado na atração de turistas. Além disto, Costa ressaltou que, neste momento, não há nenhum indicativo de afastamento dos policiais envolvidos no tiroteio.

Confira na íntegra o comunicado da Polícia Militar

A Polícia Militar da Bahia esclarece que, na madruga desta sexta-feira (6), por volta das 2h40, policiais da Rondesp-Central receberam, via Centel, uma informação levantada através do Serviço de Inteligência da SSP, que um grupo suspeito composto por cerca de 30 pessoas planejava arrombar uma agência bancária na Estrada das Barreiras.

Durante a diligência, a guarnição encontrou um veículo abandonado naquela região. Ao realizar a verificação da ocorrência, perceberam que os bandidos, cerca de 30 homens, estavam escondidos em uma baixada. Os policiais foram recebidos a tiros, e, neste momento, um sargento foi atingindo de raspão na cabeça. Em defesa, os PMs reagiram e atingiram 15 homens. Onze baleados morreram no local, três formam socorridos para o Hospital Roberto Santos e passaram por cirurgia, e um não corre risco de morte. O sargento da PM foi socorrido, medicado e liberado. Com os criminosos foram encontradas 16 armas, muitas de calibre restrito com carregadores alongados, e farta quantidade de droga.

As ações da Polícia Militar estão intensificadas no local com o objetivo de garantir à população a tranquilidade e a manutenção da rotina no bairro. Ações no combate ao cometimento de crimes de arrombamentos de caixas eletrônicos continuarão a ser desencadeadas em todo o Estado com o apoio do serviço de inteligência e a necessária presença ostensiva.

 

A tarde