Início Salvador Sirene de barragem toca na madrugada desta sexta (26) e faz moradores...

Sirene de barragem toca na madrugada desta sexta (26) e faz moradores deixarem casas em Salvador

Sirene de barragem toca na madrugada desta sexta (26) e faz moradores deixarem casas em Salvador 1
Por: Divulgação / Defesa Civil

Na madrugada desta sexta-feira (26), a sirene da Barragem de Pituaçu tocou e assustou os moradores da comunidade do Bate Facho, no bairro da Boca do Rio, em Salvador. Por volta das 4h, moradores ouviram uma das sirenes e saíram correndo das casas. “Recebemos informações através do 199 de possível rompimento da baragem do Bate Facho. Foi quando prepostos nossos se deslocaram até o local e encontraram os funcionários da Embasa já acalmando a população, informando de que houve, possivelmente, uma falha no sistema”, afirmou o diretor da Defesa Civil de Salvador, Sóstenes Macêdo.

Ainda conforme o diretor, este “é um sistema de alerta da Embasa e que está em testes, em implantação. Estamos apurando os fatos para não descartar qualquer risco. Pela tarde realizaremos inspeções”.

Sirene de barragem toca na madrugada desta sexta (26) e faz moradores deixarem casas em Salvador 2

Em dezembro de 2018,a Embasa apresentou à comunidade local o sistema de alerta da barragem de Pituaçu. Esse sistema, que atende à Política Nacional de Segurança de Barragens (Lei 12.334/2010), visa proporcionar maior segurança aos moradores do Bate Facho, cujas residências foram erguidas a jusante (no sentido do fluxo da água) da barragem de Pituaçu.

O sistema de alerta tem caráter preventivo, já que a barragem de Pituaçu encontra-se em boas condições estruturais, inclusive tendo passado por obras de melhoria em 2016. Naquele ano, a Embasa reforçou a estrutura dos vertedores e implantou um novo sistema de drenagem interno, para ampliar a capacidade do reservatório de suportar as vazões de cheia do rio Pituaçu, controlar o fluxo de água interno da barragem e aumentar o nível de segurança da represa. A barragem de Pituaçu tem 110 anos de existência e foi utilizada para abastecer Salvador de 1906 até 2002.

Por BNews