In√≠cio Cama√ßari Sindicato dos Metal√ļrgicos de Cama√ßari aprova estado de greve

Sindicato dos Metal√ļrgicos de Cama√ßari aprova estado de greve

Por unanimidade dos milhares de trabalhadores presentes na assembleia, realizada na porta do completo Ford, na manh√£ desta quinta-feira (28/02), pelo Sindicato dos Metal√ļrgicos de Cama√ßari, foi aprovado o estado de greve, em fun√ß√£o do pacote de medidas apresentado pela empresa, durante mesa de negocia√ß√£o. Estavam presentes funcion√°rios do 1¬ļ e 3¬ļ turnos, dirigentes sindicais e autoridades pol√≠ticas.

A frente do ato, o presidente do sindicato J√ļlio Bonfim, que ressaltou que a categoria n√£o vai abrir m√£o dos direitos conquistados, atrav√©s de anos de luta sindical. ”O que a Ford est√° fazendo √© terrorismo. Aqui temos pais e m√£es de fam√≠lia amedrontados com a possibilidade de perder seus empregos. Essa assembleia, com a participa√ß√£o maci√ßa da categoria, √© a prova que somos fortes e vamos lutar at√© o fim. Se a empresa n√£o ceder, vamos parar a f√°brica”.

No pacote apresentado pela Ford, destaque para a demiss√£o em massa de 700 trabalhadores, redu√ß√£o do valor da Participa√ß√£o dos Lucros e Resultados, mudan√ßa de conv√™nio e transporte, retirada do desjejum e lanche. ”Isso se chama desregulamenta√ß√£o do contrato de trabalho. Os trabalhadores confiam na dire√ß√£o desse sindicato, que tem hist√≥ria, trajet√≥ria e coer√™ncia. Com mobiliza√ß√£o vamos brigar por direitos e empregos”, pontuou o presidente da Federa√ß√£o dos Metal√ļrgicos e Mineradores da Bahia (FETIM), Aurino Pedreira.

Um relato sobre a crise em outras montadoras fez parte do discurso do presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), na Bahia, Pascoal Carneiro. ”Em outras plantas, como em S√£o Bernardo e Taubat√©, o processo de demiss√£o ou encerramento das atividades come√ßou assim, por isso temos que estar em unidade, defendendo o mesmo discurso, as mesmas propostas. Na Bahia temos responsabilidade com os nossos trabalhadores”.

Foto: Ivani Gonçalves/Everaldo Lins

Ap√≥s a leitura e reprova√ß√£o do pacote de medidas da Ford, os metal√ļrgicos votaram por unanimidade dos presentes, a favor das propostas do sindicato. A empresa ter√° o recesso do carnaval para avaliar o solicitado e buscar um acordo. No entanto, a categoria est√° em estado de greve e pretende parar as atividades, caso negativa da dire√ß√£o do complexo.

Por Vis√£o Di√°ria