Início Brasil Sem máscara, presidente do TSE é fotografado em show de axé com...

Sem máscara, presidente do TSE é fotografado em show de axé com aglomeração

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE

O ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e integrante do Supremo Tribunal Federal (STF), parece estar bem mais tolerante com relação à pandemia da Covid-19.

Em 2020, durante as eleições municipais, o magistrado ameaçou restringir o direito à cidadania aos que tivessem a audácia de desafiar as normas sanitárias. “Se o eleitor estiver sem máscara, ele não vai ser autorizado a entrar na seção eleitoral”, declarou, na ocasião.

Como os tempos parecem ser outros, a preocupação já não se mostra tão evidenciada. Isso porque ele foi flagrado ao participar de um show do cantor Bell Marques, durante o encerramento do XLVII Congresso Nacional dos Procuradores dos Estados e do Distrito Federal, realizado nos dias 22 a 25 de novembro.

Nos registros divulgados na internet, Barroso aparece sem máscara de proteção. Após a repercussão negativa das imagens, a Associação Nacional dos Procuradores dos Estados e do Distrito Federal (Anape), responsável pela festividade, excluiu as publicações das redes sociais.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

Mas já era tarde, uma vez que internautas já tinham espalhado diversas capturas de tela em que o magistrado aparece. No site oficial da Anape, Barroso aparece como “conferencista” do evento.

Além do presidente do TSE, estiveram presentes no ato o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB); o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Humberto Martins; a ministra Cármen Lúcia, também do STF; além de diversas outras autoridades do Poder Judiciário.

Fonte: Conexão Política