Início Camaçari Secult premia nove finalistas do concurso Fotografe Camaçari

Secult premia nove finalistas do concurso Fotografe Camaçari

Secult premia nove finalistas do concurso Fotografe Camaçari 1

Nove fotógrafos foram premiados nesta sexta-feira (14/12), pelo Concurso Fotografe Camaçari, promovido pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Cultura (Secult), cujo tema foi “Camaçari: meu olhar sobre o patrimônio imaterial”. Esta é a 2ª edição do concurso que pagou valores entre R$ 720,00 e R$ 4.117,00 aos vencedores, dependendo da colocação e categoria. Além disso, os professores da categoria estudantil foram premiados com o valor de R$1.200,00.

A premiação ocorreu no foyer do Teatro Cidade do Saber e contou com a presença do vice-prefeito José Tude; do subsecretário de Cultura, Luciel Machado Neto; do presidente do Conselho Municipal de Cultura, Tata Ricardo; além de representantes de outras secretarias do município e da comunidade camaçariense.

A secretária de Cultura, Márcia Tude, não pôde comparecer ao evento, mas mandou mensagem, através de vídeo, para os presentes no local. “Aproveitem a exposição das fotografias deste concurso. Parabéns a todos que participaram desta edição, que traduz o nosso patrimônio imaterial”, declarou Márcia.

Para o subsecretário de Cultura, Luciel Neto, o concurso é fruto de um trabalho em equipe. “Para chegarmos a essa 2ª edição, a nossa equipe vem se desdobrando desde o ano passando, avaliando o que precisava melhorar em relação à primeira edição. O intuito desta premiação é fazer com que os nossos munícipes tenham uma ligação com a cidade de Camaçari”, disse Neto.

“É uma satisfação muito grande estar aqui representando nosso prefeito nesse evento de extrema importância para nossa cultura. E o tema desse ano exigiu muita sensibilidade, visão e alcance, porque você fotografar algo imaterial é muito difícil”, destacou o vice-prefeito José Tude.

Secult premia nove finalistas do concurso Fotografe Camaçari 2

Para o presidente do Conselho Municipal de Cultura, Tata Ricardo, essa segunda edição visa não só valorizar o artista, mas também despertar o senso de pertencimento dele em relação ao patrimônio imaterial de Camaçari. “Esse concurso permitiu mostrar as nossas belezas e resgatar a autoestima dos nossos munícipes. Falar em cultura é nos colocarmos como protagonistas da nossa história”, enfatizou.

Jonas Gabriel, 16 anos, foi o primeiro colocado na categoria estudantil e estava radiante com o resultado. “Participei ano passado e não ganhei nada, então é indescritível o que estou sentindo agora. Não imaginava ficar em primeiro lugar e graças a Deus consegui. Pretendo seguir nessa área”, disse.

Para o 1º colocado da categoria amador, Janailson Máximo, 41 anos, participar do concurso foi uma experiência impressionante. “Foi muito bom participar. Eu costumo fazer alguns trabalhos na área fotográfica e agora vou investir mais, comprar equipamento melhor e seguir nessa direção”, concluiu.

O 1º colocado da categoria profissional, Itamar Ribeiro, 41 anos, participou da 1ª edição, ano passado e ficou na 5ª colocação. “Meu sentimento é de gratidão e aprendizado. Vi que tinha falhas técnicas ano passado e corrigi para esse ano. Já atuo profissionalmente com fotografia há 15 anos”, disse.

O evento teve a participação da Orquestra Berimbau, do Mestre Zeca, e contou com a presença de estudantes da Escola Municipal Virginia Reis Tude, Escola Municipal Cosme de Farias e Escola Zumbi dos Palmares.

A partir desta sexta-feira (14), até o dia 27 de dezembro, as obras selecionadas ao longo do concurso ficarão expostas no mesmo local, com entrada gratuita, das 8h às 17h.

Veja a lista completa dos premiados:

Na categoria estudantil o 1º lugar ficou com Jonas Gabriel da Silva Trindade; no 2º lugar, Wesley Araujo de Almeida; e o 3º lugar foi de Andressa Peixoto Fernandes.

Na categoria amador, Janailson Máximo de Sá Carvalho foi escolhido para o 1º lugar; Laise Almeida Mendes, 2º lugar; e Cristiane do Carmo, no 3º lugar.

Na categoria profissional, Itamar Pinheiro de Almeida ficou com o 1º lugar; Railson dos Santos Nascimento, 2º lugar; e Amanda Santos do Rosário, 3º lugar.