Início Brasil Saraiva pede recuperação judicial e cita Netflix e Spotify em documento

Saraiva pede recuperação judicial e cita Netflix e Spotify em documento

Saraiva pede recuperação judicial e cita Netflix e Spotify em documento 1

Após fechar as portas de 19 lojas, incluindo oito unidades da iTown, que vendia produtos da Apple, a Livraria Saraiva pediu, nesta sexta-feira (23) recuperação judicial para tentar reestruturar o negócio. Atualmente, a empresa tem uma dívida de R$ 674 milhões e atrasou diversos pagamentos para as editoras que fornecem os livros.

Uma das medidas tomadas pela empresa para se recuperar envolve deixar áreas consideradas como de baixa de rentabilidade. É o caso da venda de produtos como smartphones, notebooks e tablets, um setor no qual a livraria enfrenta a concorrência de vários gigantes do varejo brasileiro. Segundo apurou o jornal, a Saraiva vai procurar fazer uma parceria com alguma outra rede para continuar a oferecer eletrônicos em suas lojas.

Outra área importante para a empresa que sofreu com o avanço da tecnologia nos últimos anos é a de vendas de músicas e filmes. No documento que pede a recuperação judicial, a empresa chega a citar serviços de streaming como Netflixe Spotify como exemplos do tipo de competidores que a livraria passou a ter de lidar recentemente. Esse setor já chegou a segunda principal fonte de receita da empresa. Por Estado de S. Paulo