Início Destaque Salvador registra sensação térmica de 17ºC e baianos se agasalham: ‘Frio da...

Salvador registra sensação térmica de 17ºC e baianos se agasalham: ‘Frio da desgraça’

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE
Memes brincaram com a ‘nevasca’ que atinge Salvador (Foto: Reprodução)

Em Oymyakon, na Sibéria, os locais vestiam shortinho e camisa regata, afinal, faziam agradáveis 21ºC naquela que é considerada a cidade mais fria do mundo. A coisa tava russa mesmo era no outro hemisfério, onde os 20,6ºC registrados nesta terça-feira (29) em Salvador obrigavam os residentes a adotar medidas drásticas – como vestir uma meia ou, em casos mais extremos, tirar o cobertor do armário.

Os sulistas podem tentar desvalorizar esse feito argumentando que na Rússia, atualmente, é verão. Verdade. No entanto, a sensação térmica na cidade da Bahia foi ainda pior: 17,5ºC. E olha que essa nem é a menor temperatura de 2021, com o ouro indo para o último sábado (26), com 20,2ºC e sensação de 17ºC.

Nas redes sociais, o clamor pela volta do sol era geral. “Você acha que nós, soteropolitanos, temos capacidade de aguentar esse gelo?”, questionou Jésica Sousa. Bruno Gonçalves preferiu usar sua veia humorística, ao citar Cabral. “Quem descobriu o Brasil? Cobre aí de novo. Frio demais”, disse aos risos.

Mas foi Clara Simões que resumiu o sentimento de todos os soteropolitanos: “que frio da desgraça.”

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.
Foto: Reprodução

O que está causando o frio em Salvador?
O leitor bem informado deve ter lido que uma frente fria está pairando pelo Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país, levando até neve. Mas a meteorologista Cláudia Valéria, do Instituto Nacional de Meteorologia, explica que esta força da natureza não deve atingir a Bahia..

“Temos uma certa influência. Mas nao podemos falar de massa de ar frio chegando a Bahia. Vai continuar com baixas temperaturas ao amanhecer nos próximos dias em todo estado”, explica Cláudia, dizendo que as menores temperaturas do dia foram 11,2ºC em Correntina e 12,0ºC em Piatã.

O resto do inverno deve permanecer sem grandes mudanças, com as chuvas típicas no litoral e a temperatura variando entre 20ºC e 26ºC.

No entanto, o que chamou a atenção de Cláudia foi o registro de temperaturas mais baixas ainda em junho, sendo que julho e agosto costumam ser mais frios. O dia mais frio de 2020, por exemplo, foi 4 de agosto, com 20,4ºC.

“Com isso, já é possível dizer que 2021 está sendo mais frio que o ano passado. E se a tendência de julho e agosto serem mais frios se manter, a expectativa é de que a temperatura abaixe ainda mais nos próximos dias”, prevê a especialista.

Com informações do Correio do Bahia