Início Futebol Ronaldinho Gaúcho pede ao STF liberação de passaportes para trabalhar

Ronaldinho Gaúcho pede ao STF liberação de passaportes para trabalhar

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE

Ronaldinho Gaúcho e o seu irmão e empresário, Roberto Assis, querem que o Superior Tribunal Federal (STF) libere os passaportes do ex-atleta, apreendidos no final de 2018. Segundo a justificativa do jogador, a proibição pelo uso dos passaportes estaria fazendo com que ele não pudesse trabalhar. As informações são do Torcedores.com

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

A participação em eventos fora do Brasil são as formas como Ronaldinho se sustenta atualmente, segundo sua defesa. Além desta alegação, ele enviou ao STF uma carta de um empresário indonésio que o ameaça de processo caso não possa comparecer a um evento naquele país.

O ex-jogador responde um processo desde 2015 por danos ambientais. Ele e o irmão foram condenados por construir ilegalmente um trapiche, com plataforma de pesca e atracadouro, na orla do Lago Guaíba, na Zona Sul de Porto Alegre.