Início Brasil Reviravolta: advogado revela que genro fazia programa para sogro

Reviravolta: advogado revela que genro fazia programa para sogro

Uma reviravolta pode mudar toda a versão no caso da mulher traída que descobriu o caso amoroso entre o pai e o marido dela, em Araraquara, no interior de São Paulo.

Após descobrir que os dois estariam tendo um caso, a jovem resolveu divulgar a descoberta nas redes sociais. Mas o relato de um morador da mesma cidade, dão uma nova tônica a esse caso.

Conforme noticiado pelo site Emtempo, o morador relata que a jovem, Camila Oliveira, que denunciou o suposto relacionamento extraconjugal do marido com o sogro estaria presa após matar uma jovem transexual de 13 anos, em março de 2015.

Segundo o internauta, a mulher se aproveitaria da comoção causada na internet para pedir dinheiro.
“Essa mulher é uma criminosa e usa essa história para comover internautas, no Facebook ela manda chamar no zap para passar os vídeos, com esse contato direto ela aproveita para conseguir tirar o que conseguir de cada um que a chama, além de seu número ficar no banco de dados dos criminosos”, escreveu.

O site também divulgou trechos da fala de um advogado que deu explicações do que de fato estaria por trás de toda a problemática. Em um trecho do diálogo, ele chega a afirmar que o genro fazia programa para o sogro em troca de dinheiro.

Entenda o caso

Um homem de 45 anos foi espancado após ele incendiar o carro do genro no último domingo (19) em Araraquara, no interior de São Paulo. Tudo aconteceu quando sua filha descobriu que ele tinha um caso com seu marido e divulgou a descoberta nas redes sociais.

Segundo o site Contigo, a mulher chegou até a publicar vídeos do pai e do marido em um motel da cidade. De acordo com ela, a gravação foi encontrada no celular do pai.

Além disso, ela compartilhou prints de conversas que comprovam o envolvimento amoroso. Ao descobrir a traição, a mulher colocou um ponto final no casamento e quebrou os vidros do carro do ex-marido.

Depois, o caso foi relatado por um perfil do Twitter na segunda-feira (20), somando mais de 1 milhão de visualizações. Diante da repercussão, a Polícia Militar ouviu testemunhas que revelaram que o pai da jovem, por ciúmes, foi até o bairro, jogou garrafas de vidro contra casas e colocou fogo no carro do ex-genro.

Nas imagens, residentes do local aparecem tentando conter as chamas do automóvel enquanto o homem grita na rua sobre a relação que teve com o até então marido da filha. Ele ainda chega a arremessar uma garrafa de vidro vazia contra um portão, causando fúria na população, que decide partir para cima dele e agredi-lo.

No vídeo, é possível ver cinco pessoas chutando e dando cadeiradas no homem, que ficou caído no chão e, com um machucado na cabeça, foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do bairro, onde foi medicado e ficou em observação.

A PM registrou o acontecimento como incêndio em veículo e a ocorrência será investigada pelas autoridades de Araraquara.