Início Feira de Santana Reconhecimento Facial resulta em prisões de 33 pessoas no Micareta de Feira

Reconhecimento Facial resulta em prisões de 33 pessoas no Micareta de Feira

Reconhecimento Facial resulta em prisões de 33 pessoas no Micareta de Feira 1
Foto: Divulgação / SSP

Implantado pela primeira vez na Micareta de Feira de Santana, o Sistema de Reconhecimento Facial da Secretaria da Segurança Pública resultou nas prisões de 33 criminosos durante os quatro dias de festa. Os dados foram apresentados na manhã desta segunda-feira (29), no auditório do Presídio de Feira de Santana, pelo secretário da SSP, Maurício Teles Barbosa.

Dentre os capturados estão pessoas com mandados por homicídio e tráfico de drogas. Além das prisões, o destaque também vai para a ausência de mortes durante os festejos iniciados na última quinta-feira (25) e encerrados no domingo (28).

Mais de 1,3 milhão de foliões teve os rostos capturados pela nova tecnologia, o que gerou 903 alertas para as unidades policiais instaladas nos trajetos, resultando no cumprimento de 18 mandados e na captura de 14 pessoas por descumprimento de prisão domiciliar e de uma pessoa condenada.

“Me arrisco a dizer que foi o melhor resultado alcançado com este tipo de tecnologia. As equipes estão de parabéns, pois o bom desempenho está diretamente ligado ao empenho incondicional dos policiais”, destacou o titular da SSP.

Produtividade Policial

A produtividade policial triplicou na edição deste ano, quando 505 pessoas foram conduzidas, enquanto em 2018, o número não passou de 176.

No total, 35 mandados de prisão foram cumpridos, sendo 33 através da utilização da tecnologia e dois por meio da identificação feita por policiais. Também houve 11 prisões em flagrante e a apreensão de uma arma. O número de lesões corporais teve diminuição de 18 casos do ano passado, para 8 este ano.