Início Bahia Proprietário de fábrica clandestina de fogos é preso após explosão que matou...

Proprietário de fábrica clandestina de fogos é preso após explosão que matou duas pessoas em Crisópolis

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE

A polícia prendeu, em Crisópolis, a 232 km de Salvador, um dos proprietários da fábrica clandestina de fogos de artifício que explodiu, nesta quarta-feira (14/4), destruindo o imóvel onde funcionava o preparo dos artefatos, no Centro do município.

De acordo com a PC, a titular da Delegacia local, Débora Vania Cruz Ferro, instaurou inquérito policial para investigar o fato. “Os laudos periciais, depoimentos e demais elementos coletados auxiliarão na elucidação das causas da explosão. O proprietário da fábrica clandestina foi autuado pela posse e fabricação de artefato explosivo sem autorização e está preso à disposição da Justiça”, detalhou.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

Com a explosão, um prédio de dois andares, onde seria o depósito dos fogos, desabou. Equipes do Corpo de Bombeiros Militar resgataram nos escombros, os corpos de Ebervan Souza Reis, de 49 anos e Fernanda Santana Batista, 35 anos. A filha do casal, uma adolescente de 13 anos ficou ferida e foi levada para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador.

O Corpo de Bombeiros, acionado ontem (14/4) às 14h43, enviou para o local três guarnições, uma auto bomba tanque (ABT), uma auto bomba Salvamento (ABS) e uma unidade de resgate para as vítimas.

Com informações do Aratu ON