Início Camaçari Programa Qualifica Camaçari vai formar gratuitamente 330 profissionais de operador de empilhadeira

Programa Qualifica Camaçari vai formar gratuitamente 330 profissionais de operador de empilhadeira

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE

As aulas teóricas do curso de operador de empilhadeira ofertado pelo Centro de Integração e Apoio ao Trabalhador (Ciat), foram iniciadas nesta segunda-feira (24/5), no local. Ao todo, serão capacitados 330 profissionais, em onze turmas, de forma gratuita através do Programa Qualifica Camaçari.

Inicialmente, as inscrições eram para 250 vagas, mas, de acordo com a coordenadora do Ciat, Michele Andrade, devido à alta demanda a oferta foi ampliada. Ela ainda explicou que “duas turmas serão iniciadas nesta segunda-feira, e as demais no decorrer da semana, já que as aulas práticas estão previstas para começarem na próxima semana, e será realizada no Estádio Fernando Ferreira Lopes”. O curso terá carga horária de 40 horas/aula, com emissão de certificado, e deve ser finalizado em 20 de junho.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

O técnico em logística e qualidade e em contabilidade, com experiência de 30 anos, Marcelo Moura, é o professor das aulas teóricas e práticas. Ele explicou sobre o conteúdo do curso, “faz com que as pessoas tenham a noção de como o equipamento se movimenta e opera. As pessoas vão pegar todos os princípios, de conceitos, nas aulas teóricas, eles vão aprender sobre a norma regulamentar que está amparando a função do operador de empilhadeira e vão ter aula prática que vai dar a noção de como o equipamento se movimenta, como que ele responde na sua atividade”.

De acordo com a equipe do Ciat, para fazer este curso a pessoa precisaria desembolsar de R$ 400,00 a R$ 1.500,00, dependendo da instituição de ensino. O motorista Dorivaldo dos Santos, 39 anos, falou sobre a oportunidade “é única. É muito importante esse curso, nesse momento que estamos passando, de pandemia. Muitas pessoas estão com dificuldade e não é todo lugar que tem esse curso gratuito. A prefeitura acertou em ajudar a todas as pessoas que precisam desse curso a ter uma oportunidade de outra área ou até mesmo do primeiro emprego”.

O retificador de motor, Alex Fabiano, 45 anos, também destacou a importância do curso, “ímpar, tanto para a gente que está adquirindo conhecimento, nesse momento de dificuldade que estamos passando, como também para o município, que vai ter pessoas mais qualificadas, mais agregadas ao mercado de trabalho e aí, as portas, com certeza, vão se abrir”.