Início Feira de Santana Professores de Feira de Santana entram em greve por tempo indeterminado

Professores de Feira de Santana entram em greve por tempo indeterminado

Professores de Feira de Santana entram em greve por tempo indeterminado 1

Os professores e funcionários que trabalham na rede municipal de ensino de Feira de Santana, no interior da Bahia, decidiram entrar em greve por tempo indeterminado nesta segunda-feira (11).

Professores de Feira de Santana entram em greve por tempo indeterminado 2

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB), a categoria pede um reajuste salarial de 4,7%, uma reformulação do Plano de Carreira Unificado, o aumento da Função Gratificada (FG) dos diretores, que hoje está no valor de R$ 176, e a reabertura das negociações sobre os precatórios do FUNDEF. A campanha salarial foi iniciada em novembro do ano passado.

Além destes pontos, o sindicato ainda pede alteração de carga horária para os professores e o restabelecimento do convênio com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (Ifba) para dar continuidade ao Profuncionário, para a formação profissional. Ainda segundo os professores, as estruturas físicas das escolas e a falta de merenda para os alunos também precisam ser revistas.

As aulas foram iniciadas em 11 de fevereiro e a decisão da greve foi tomada após uma assembleia realizada na última quinta (07). Nesta segunda, os professores fizeram um ato em frente à Câmara Municipal de Vereadores.

Em nota, a Secretaria de Educação do município afirmou que irá cumprir o reajuste previsto pelo Ministério da Educação (MEC) para o piso salarial d 2019. O prazo para o reajuste não foi informado.

por Varela Notícias