Início Destaque Professor é preso sob suspeita de estuprar alunos de escolinha de futebol...

Professor é preso sob suspeita de estuprar alunos de escolinha de futebol na Bahia

Suspeito foi preso nesta sexta-feira — Foto: G1

A Polícia Civil prendeu na manhã desta sexta-feira (20) um homem de 30 anos no distrito de Trancoso, localizado no sul da Bahia. Ele é suspeito de ter estuprado crianças e adolescentes que eram alunos de uma escolinha de futebol onde atuou como professor. O suspeito foi conduzido para a delegacia de Arraial D’Ajuda, distrito vizinho a Trancoso.

De acordo com as investigações policiais, o homem foi professor da escolinha de Futebol Júnior Trancoso — que possuía cerca de 100 alunos até fechar no ano passado, por conta da pandemia do novo coronavírus — entre 2016 e 2019. Aproveitando-se de sua função, o suspeito teria cometido os abusos com as alunos que treinavam no local.

O homem foi alvo de prisão temporária, após mandado de busca e apreensão. Além da condução para a delegacia, o suspeito também teve celulares apreendidos pelos policiais. Os aparelhos serão encaminhados para perícia. Formalmente, ele está sendo investigado pelos crimes de estupro de vulnerável, favorecimento de prostituição a menores, corrupção de menores e divulgação fotográfica envolvendo menores.

Sua prisão ocorreu após a mãe de um aluno ligar para o Disque Denúncia quando descobriu que o homem mantinha relações sexuais com os alunos na casa onde morava. O suspeito vivia no primeiro andar, enquanto a denunciante morava no piso inferior. De acordo com outras denúncias, os abusos também ocorriam nos treinamentos e nas viagens, e que além disso o suspeito também registrava os atos através de fotos, mantendo as vítimas sob constante ameaça.

Valfredo Borges, delegado responsável pela investigação do caso, afirma que já possui o depoimento de cinco menores, que confirmaram o abuso. As idades das vítimas variam entre nove e 17 anos. No entanto a polícia acredita que possam existir mais vítimas. Ao ser interrogado pelos policiais, o suspeito negou todas as acusações. Ele deverá ser transferido em breve para a delegacia de Porto Seguro, e posteriormente para o presídio de Eunápolis.