Início Jacobina Professor da Uneb é considerado foragido por crimes sexuais em Jacobina

Professor da Uneb é considerado foragido por crimes sexuais em Jacobina

Thiago de Oliveira Moreira, advogado e professor de Direito Constitucional da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) em Jacobina, é considerado foragido pela Justiça Criminal de Jacobina. O professor foi afastado do cargo e teve prisão preventiva decretada na última quinta-feira (11/10), pela acusação de crimes sexuais.

O acusado tomou conhecimento do mandato por meio do advogado e ficou de se apresentar à Justiça ainda no dia da decisão, na última quinta-feira (11/10), mas não se entregou até o momento. Mais de uma dezena de alunos de Thiago deram depoimento relatando crimes de assédio sexual, ameaças e lesões corporais. Além dos crimes sexuais, o advogado é acusado de crimes contra a Administração Pública, como prevaricação e supressão de documentos públicos.

As vítimas e testemunhas dos casos serão acompanhadas psicologicamente. O professor acumula a função com o cargo de procurador jurídico do Município de Morro do Chapéu. Thiago, que leciona na Uneb desde 2007, já foi Coordenador do Colegiado de Direito da própria universidade, em Jacobina, e lecionava nos municípios de Irecê e Itaberaba, no interior da Bahia.