Início Brasil Por coronavírus, operadoras deverão aumentar velocidade da internet, determina Anatel

Por coronavírus, operadoras deverão aumentar velocidade da internet, determina Anatel

Por coronavírus, operadoras deverão aumentar velocidade da internet, determina Anatel 1
Foto: divulgação

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) determinou às operadoras de telefonia e internet uma série de medidas para ampliar o acesso à rede, por conta do avanço no novo coronavírus e das necessidades de trabalho remoto e de isolamento. Entre as ações, está o aumento da velocidade de acesso à internet em banda larga fixa. As medidas estão sendo comunicadas às empresas neste domingo, em ofício obtido pelo GLOBO, e valerão para todas as operadoras.

São oito ações determinadas pela Anatel. O órgão determinou que o acesso gratuito ao aplicativo para celulares desenvolvido pelo Ministério da Saúde, o Coronavírus-SUS. As operadoras deverão adotar medidas de ampliação de acesso a não assinantes (como liberação de redes Wi-fi em determinados locais públicos).

Também deverão adotar medida de ampliação de velocidade de conexão nos acessos fixos à banda larga; promover campanhas publicitárias para divulgação de informações referentes à Covid-19, em especial com replicação daquelas realizadas pelo Ministério da Saúde; garantir a estabilidade técnica do sistema, no sendo de se evitar degradação de qualidade decorrente de ampliação súbita da demanda”

A Anatel determinou ainda flexibilizar prazos de tratamento de casos de inadimplência por parte dos consumidores em áreas sob restrições de deslocamento; adoção de medidas de priorização no atendimento a solicitações de reparos em estabelecimentos de saúde e serviços de urgências; e divulgação de práticas de higiene e restrição de aglomerações no atendimento pessoal ao público externo e nos ambientes de call center.

O ofício é assinado pelo presidente interno da Anatel, Emmanoel Campelo. “Com um cenário de maior distanciamento físico entre as pessoas, requisições de quarentena e de trabalho remoto, as conexões de acesso às redes se tornarão ainda mais essenciais. A preservação de fluxos de trabalho, de ensino, de acesso a informações sobre saúde e também de lazer, dependerá em grande medida dos serviços de telecomunicações”, diz ele.

Algumas operadoras já vinham adotando ações por conta do coronavírus, mas a Anatel quer que isso seja feito por todas as empresas. As medidas valerão por tempo indeterminado. O órgão prepara uma reunião para esta semana para discutir o assunto com as empresas.

Com informações O Globo/blogdobg