Início Camaçari Polícia prende homem suspeito de envolvimento em homicídio de delegado em Camaçari

Polícia prende homem suspeito de envolvimento em homicídio de delegado em Camaçari

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE

Um dos envolvidos no assassinato do delegado da Polícia Civil Clayton Leão, morto na Bahia em 2010, foi preso na tarde desta sexta-feira (16) em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá.

Ele foi preso por agentes da Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (FICCO/MT).

O delegado era titular da 18ª Delegacia de Camaçari/Bahia e chefe do Comando de Operações Especiais (COE) daquele estado.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.
Delegado Clayton Leão foi morto em emboscada na Bahia — Foto: Divulgação; Polícia Civil da Bahia

O crime gerou comoção por ter sido acompanhado ao vivo, enquanto o delegado no interior de seu veículo, dava entrevista ao vivo a uma emissora de rádio local, momento em que foi executado com dois tiros na cabeça.

O criminoso, de alta periculosidade, responde a diversos processos e havia sido condenado por latrocínio no estado da Bahia.

A prisão teve o apoio da Delegacia de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (DRACCO) da Polícia Civil da Bahia e da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) da Polícia Civil de Mato Grosso.

A FICCO/MT recebeu informações de que o foragido estava em Várzea Grande e tinha o objetivo de fugir para Bolívia.

A equipe de policiais identificou e localizou o criminoso, que foi preso e conduzido para a Superintendência da Polícia Federal e, em seguida, encaminhado ao presídio.

Com informações do G1