Início Brasil Polícia Federal apura venda irregular de suposta vacina contra a Covid-19 no...

Polícia Federal apura venda irregular de suposta vacina contra a Covid-19 no Rio de Janeiro

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE
Crédito da Foto: arquivo/Tânia Rego/Agência Brasil

A Polícia Federal (PF) realizou uma operação nesta quinta-feira (8/10) contra uma empresa em Niterói, no Rio de Janeiro, que estaria vendendo uma suposta vacina contra a Covid-19. Foi cumprido mandado de busca e apreensão na sede do grupo, que atua no ramo hospitalar.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

Segundo a assessoria da PF, a investigação teve início a partir de denúncia recebida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), referente à venda irregular de doses de vacina contra a doença ainda em desenvolvimento. De acordo com as informações, a empresa investigada não tem autorização ou convênio com as autoridades sanitárias ou com a empresa fabricante do medicamento para atuar no processo de desenvolvimento ou comercialização.

“A suspeita é de que os responsáveis aproveitavam-se do período de pandemia para criar a ilusão de que já possuiriam a vacina, sem que isso fosse a realidade, perpetuando assim a fraude”, informou a PF em nota. Segundo a instituição, as condutas apuradas podem se enquadrar nos artigos 273 ou 171, do Código Penal.

Com informações do Aratu ON