Início Bahia Polícia Civil e Gaeco prendem acusado de estelionato

Polícia Civil e Gaeco prendem acusado de estelionato

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE
Foto: Foto: Ascom-PC / Haeckel Dias

Um homem acusado de estelionato foi preso, no bairro da Caixa d’Água, por policiais civis e equipes do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), durante a Operação Fake Rent, do Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA), realizada nesta quinta-feira (12), em Salvador, Lauro de Freitas, Dias d’Ávila, Simões Filho, Camaçari e Eunápolis. Durante as ações são cumpridos três mandados de prisão e 21 de busca e apreensão.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

As ações têm o objetivo de coibir fraudes e adulteração de documentos de veículos subtraídos de locadoras. Conforme as apurações do MPBA, o golpe teve início há cerca de cinco anos no Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA). Ainda de acordo com as investigações, após subtrair os carros de locadoras, sendo a maioria de luxo, os fraudadores conseguiam transferir para “laranjas”, pessoas falecidas ou terceiros, que tiveram seus dados utilizados sem seu conhecimento, a partir da adulteração com a participação de servidores do Detran.