Início Política PF indica que Aécio ajudou a maquiar dados na CPI do Mensalão

PF indica que Aécio ajudou a maquiar dados na CPI do Mensalão

Aécio é alvo de 3 pedidos de prisão (Foto: Reprodução)

Por BNews

A Polícia Federal disse ter conseguido comprovar, por meio de provas indiciárias, que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) atuou em 2005 para maquiar os dados do Banco Rural entregues à CPI dos Correios, que investigou o esquema do mensalão. A informação foi revelada neste sábado (14) em reportagem de O Globo.

Segundo a reportagem, com base em relatório finalizado em maio, o objetivo era esconder os vínculos da instituição com as empresas de Marcos Valério, operador do mensalão, e o governo de Minas Gerais, comandado na época por Aécio.

De acordo com o delegado Heliel Jefferson Martins Costa, as provas indiciárias ocorrem nos casos em que “são demonstrados fatos secundários, devidamente comprovados, a partir dos quais é possível extrair a convicção da existência do fato provando, por meio de induções ou raciocínio lógico”.

Em outras palavras, o delegado diz que o envolvimento do senador tucano teria sido provado a partir de fatos que, reunidos em ordem lógica, possibilitam ao investigador afirmar que Aécio não tinha como não saber ou não ter participado da trama apurada.

A investigação teve origem na delação do senador cassado Delcídio Amaral, que presidiu a CPI dos Correios entre 2005 e 2006.

O advogado Alberto Toron, que defende Aécio, criticou as conclusões do delegado. “Eu não examinei o relatório. Mas acho grosseira essa conclusão”.