Início Mundo Petróleo sobe na casa dos 60% no ano e ainda pode aumentar...

Petróleo sobe na casa dos 60% no ano e ainda pode aumentar mais

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE
Foto: Agência Brasil

A cotação do petróleo no mercado internacional cresce na casa dos 60% este ano e a valorização pode ser ainda maior. A volta rápida do consumo após quarentenas impostas na pandemia e a redução da oferta por escassez de investimentos são os fatores que apontam para novos aumentos na commodity. As informações são da CNN Brasil.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

No óleo tipo Brent, a alta é de 57% em 2021. O barril está cotado em US$ 81 (R$ 445, no câmbio de terça-feira (16). Listado em Nova Iorque, o WTI passou no início de outubro a marca dos US$ 80 (R$ 440), voltando a valores de 2014, último ano de um ciclo de alta da comoditty. Logo antes da epidemia de coronavírus se espalhar pelo mundo, no início de 2020, o preço de ambos vinha mais ou menos estável na casa dos US$ 60 (R$ 330).

Para o Bank of America, o Brent ainda tem fôlego para bater a casa dos US$ 120 (R$ 660) na primeira metade do ano que vem, antes de voltar para a mesma casa dos US$ 80 atuais ao fim de 2022 e em 2023 inteiro.

A oferta baixa, por exemplo, deve demorar a ser revertida. A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) tem resistido em acelerar o ritmo de ampliação de produção de seus campos.O grupo reúne 13 países, entre eles Arábia Saudita, Irã e Venezuela, que, juntos, possuem 80% das reservas mundiais de petróleo.