Início Bahia Perícia confirma causa da morte do influenciador Rodrigo Amendoim

Perícia confirma causa da morte do influenciador Rodrigo Amendoim

Alerta: a reportagem abaixo trata de temas como suicídio e transtornos mentais. Se você está passando por problemas, veja ao final do texto onde buscar ajuda

A Polícia Civil divulgou, nesta quarta-feira (27), informações a respeito da morte do influenciador digital Rodrigo de Souza Silva, conhecido como Rodrigo Amendoim. De acordo com o órgão, a 27ª Delegacia Territorial de Itinga está em fase de conclusão do Inquérito Policial. Os laudos periciais disponibilizados pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) confirmaram que se tratou de um suicídio. Com informações do Correio da Bahia

Amendoim tinha 24 anos e acumulava mais de 1,4 milhão de seguidores nas redes sociais. Pelo bom humor e originalidade, o influenciador se tornou um fenômeno da internet, onde mostrava sua rotina e aconselhava os seguidores.

No do 28 de outubro, ele foi encontrado sem vida no imóvel em que morava, na cidade de Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador, vítima de um disparo de arma de fogo. Ele deixou um filho de nove meses, Moisés, fruto do relacionamento com Luise Barros.

Em um vídeo gravado dias antes de sua morte o influencer apareceu chorando copiosamente. Nas imagens, o famoso disse que “haviam pessoas o perturbando”.

“Eu tento conversar [com as pessoas que me perturbam], mas parece que as pessoas só entendem como se eu estivesse reclamando, e, às vezes, eu não estou reclamando. Eu só quero que as pessoas entendam que eu não estou bem mano, porque não adianta vei, eu comprar isso aqui, ter comprado esse carro que era um sonho meu e não continuar em paz”, desabafou.

Como encontrar ajuda
Se você está passando por alguma dificuldade psicológica, existem alguns serviços gratuitos que podem ser acionados. Um deles é a ligação para o número 188. O Centro de Valorização da Vida (CVV) realiza apoio emocional e prevenção por meio de conversas, sob total sigilo, por telefone, por e-mail e chat 24 horas todos os dias para todas as pessoas que querem ou precisam conversar.

Em Salvador, as pessoas também podem ser atendidas no Núcleo de Estudo e Prevenção do Suicídio (NEPS), referência nacional no acompanhamento a pacientes que tentaram suicídio. Para ser atendido, é necessário passar por uma triagem e o agendamento é feito pelo telefone (71) 3103-4343.

Além disso, é possível receber atendimento nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), seja por demanda espontânea ou mediante encaminhamento. A questão de saúde pode ser identificada inicialmente em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) e posteriormente pode ser encaminhada para um CAPS para criação de um plano terapêutico. Para ter acesso, o interessado deve procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima da residência ou um CAPS do território.

Em caso de urgências e emergências, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) pode ser chamado pelo telefone 192, além da UPA Santo Antônio, Valéria, 5º Centro de Saúde Clementino Fraga, Hospital Psiquiátrico Juliano Moreira e o Hospital Especializado Mário Leal que prestam atendimento de emergência psiquiátrica 24h por dia.