Início Brasil Pedreiro encontra criança recém-nascida dentro de mala em Alenquer, no Pará; VÍDEO

Pedreiro encontra criança recém-nascida dentro de mala em Alenquer, no Pará; VÍDEO

Pedreiro encontra criança recém-nascida dentro de mala em Alenquer, no Pará; VÍDEO 1

Alfredo Mota trabalhava na obra de uma casa quando ouviu um choro e ao entrar no terreno para ver o que era, se deparou com o bebê na mala.

Uma criança recém-nascida foi abandonada pela mãe dentro de uma mala no corredor de um terreno onde há vários quartos de aluguel, em Alenquer, oeste do Pará. A criança foi encontrada na tarde desta quinta-feira (5) por um pedreiro que trabalhava em uma obra ao lado. Ele ouviu um choro e ao entrar no terreno vizinho para ver o que era, se deparou a criança dentro da mala.

O pedreiro Alfredo Mota chamou os outros trabalhadores e rapidamente várias pessoas se juntaram no local para saber o que havia acontecido. A Polícia Militar e o Samu foram acionados e a criança do sexo feminino que estava enrolada em um lençol, ainda com a placenta e do córdão umbilical foi levada de ambulância para o Hospital Municipal de Alenquer.

De acordo com a técnica de enfermagem Maria de Jesus Rodrigues, a criança estava com o corpinho cheio de marcas de ferradas de formigas.

“Quando vi aquela cena me deu aperto no coração. Espero que essa criança sobreviva”, disse emocionado o pedreiro Alfredo Mota.

Vizinhos relataram à polícia que na noite de quarta-feira (4) ouviram o choro da criança, mas achavam que fosse um gato e ninguém teve a curiosidade de ir até o local.

Mesmo para quem está acostumado a situações difíceis, como o auxiliar do Samu Carlos Araújo (Bozó), encontrar uma criança recém-nascida com um dos dedos amarrado no zíper da mala foi impactante. “Eu sou pai, me doeu no coração ver uma criança indefesa abandonada dentro de uma mala. É um milagre ela estar viva”, disse.

Nesta quinta-feira (5), uma mulher deu entrada no Hospital Municipal de Alenquer com sangramento. Ela e seu companheiro relataram que ela teria sofrido um aborto espontâneo. A polícia investiga se a mulher é a mãe do bebê abandonado na mala. Há um mês a mulher estava morando em uma residência ao lado de onde a criança foi encontrada. (Por G1)