Início Brasil Parte do talude se desprende em Barão de Cocais (MG), diz Vale

Parte do talude se desprende em Barão de Cocais (MG), diz Vale

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE

Segundo a empresa, responsável pela estrutura, a cava de onde é retirado o minério não foi afetada

Imagem: Google Maps

Parte de uma das paredes do talude (estrutura de sustentação) da Mina de Gongo Soco, em Barão de Cocais (MG), se desprendeu na madrugada desta sexta-feira (31), informa o site da revista Veja.

Segundo a publicação, a mineradora Vale, responsável pela estrutura, informou que a cava de onde é retirado o minério não foi afetada, assim como a barragem Sul Superior, com os rejeitos da atividade.

“As primeiras avaliações indicam que o material está deslizando de forma gradual, o que até o momento corrobora as estimativas de que o desprendimento do talude deverá ocorrer sem maiores consequências”, afirmou a emresa em nota oficial.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

Vale também disse que a barragem segue com monitoramento 24 horas por dia com uso de radar e estação robótica capazes de “detectar movimentações milimétricas”.

A velocidade do deslocamento do talude vem aumentando desde abril, quando a estrutura passou a se movimentar cerca de 5 centímetros por dia, ritmo que só se acelera desde então, segundo dados divulgados periodicamente pela ANM. Na última terça-feira, 28, nos pontos mais críticos, a velocidade registrada nos pontos mais críticos subiu para 24,8 cm/dia. Em sua porção inferior, o talude passou a se movimentar 20,1 cm/dia.

Por Bahia.Ba