Início Destaque Parado em blitz, Bruno Henrique recusa bafômetro e apresenta CNH que não...

Parado em blitz, Bruno Henrique recusa bafômetro e apresenta CNH que não está no sistema; perícia analisa se documento é falso

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE

O atacante do Flamengo Bruno Henrique foi parado em uma blitz da Lei Seca na madrugada deste sábado (29) na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. Ele apresentou uma carteira de habilitação de São Paulo, que não constava no sistema de informática do Detran do Rio. Uma perícia será realizada para saber se o documento é falso ou se houve um erro no banco de dados.

Segundo o delegado Giniton Lages, titular da 16ª DP (Barra da Tijuca), a investigação está em andamento e, caso seja comprovado a falsidade do documento, ele poderá ser indiciado por uso de documento falso. O crime prevê pena de até seis anos de reclusão.

No Flamengo, o caso foi entregue ao vice de futebol, Marcos Braz, que vai se pronunciar após o jogo contra a Cabofriense, neste sábado, no Maracanã. Bruno Henrique se apresentou normalmente nesta manhã no Ninho do Urubu para dar sequência ao tratamento no joelho.

De acordo com a 16ª DP (Barra da Tijuca), em consulta ao sistema Infoseg não foi possível localizar a habilitação do jogador. Entretanto na delegacia ele apresentou uma carteira nacional de habilitação. O jogador prestou depoimento, e a carteira apreendida encaminhada para perícia de documento no Instituto de Criminalista Carlos Éboli (ICCE).

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.
Bruno Henrique no Camarote Rio, na Sapucaí — Foto: Divulgação/Camarote Rio Praia

Informações de investigadores dão conta que o atacante teria se recusado a realizar o teste do bafômetro, para descobrir se havia traços de álcool no sangue no momento em que foi abordado na blitz.

Segundo o programa Lei Seca, ele foi multado por dirigir sem habilitação e por ter se recusado a fazer o teste do bafômetro. Depois, Bruno Henrique apresentou um condutor habilitado e retirou o veículo da bitz.

Com lesão no joelho, Bruno Henrique não foi relacionado para o jogo contra a Cabofriense, neste sábado, e também está fora da viagem para Barranquilla, onde o Flamengo estreia na próxima quarta-feira, na Libertadores.

Bruno Henrique se apresentou normalmente ao Flamengo, na manhã deste sábado, para dar continuidade ao tratamento no joelho.

Por Globoesporte