Início Destaque Pai é suspeito de matar filho de quatro anos após tentar explodir...

Pai é suspeito de matar filho de quatro anos após tentar explodir residência em Pojuca

Crédito da Foto: Aratu On

Uma criança de quatro anos, identificada apenas como Pedro, foi morta pelo próprio pai no município de Pojuca, na Região Metropolitana de Salvador, nesta segunda-feira (19/10). O suspeito levou o menino para casa e tentou explodir a residência usando gás de cozinha porque a ex-companheira, mãe da vítima, teria rompido o relacionamento com ele.

A mulher conseguiu chamar a Polícia Militar para mediar o conflito e retirar a criança da casa. Em nota, a coorporação disse que uma unidade começou a negociar com o suspeito a rendição, mas após alguns minutos ele parou de responder e um cheiro forte de gás de cozinha exalava do local. O butano, presente nos botijões, além de ser altamente inflamável, é letal ao organismo humano em grandes quantidades, fazendo com que a pessoa fique desacordada e morra, dormindo.

Quando o pai parou de responder, os policiais entraram na casa. Tanto ele quanto a criança foram encontrados caídos no chão, desacordados, e foram socorridos ao hospital da cidade. O menino não resistiu, enquanto o suspeito segue hospitalizado e sob custódia.

O titular da Delegacia Territorial (DT), João Pithon Júnior, informou que, até a publicação desta reportagem, estava ouvindo os envolvidos no crime e não deu detalhes da ação. O suspeito, identificado apenas pelo prenome de Edgar, seria montador de móveis e morador do bairro Pojuca 9.

*Depois da publicação desta nota, a PM informou que não se tratava de um bebê, como afirmamos inicialmente, mas sim de uma criança de quatro anos.

Por Aratu ON