Início Salvador Operário socorre bebê após acidente que matou mulher na Paralela

Operário socorre bebê após acidente que matou mulher na Paralela

Por A TARDE

(Foto: Reprodução)

O oper√°rio Erik Mascarenhas, 22 anos, estava trabalhando na obra do metr√ī nesta ter√ßa-feira, 3, quando viu a motorista Ana Carolina de Andrade Soares perder o controle do Voyage, de placa OLT-7585, e bater no guardrail da avenida Paralela, sentido aeroporto. Com o impacto, a estrutura met√°lica atravessou o autom√≥vel, atingindo a condutora, que morreu no local.

Quando percebeu a gravidade do acidente, Erik, que fez curso de socorrista profissional com o Corpo de Bombeiros, correu para ajudar. Ele conta que tentou entrar no veículo pela janela da motorista, mas não conseguiu porque a porta estava travada com o guardrail.

“Eu entrei pela janela do banco traseiro esquerdo, onde o beb√™ estava. Dei prioridade para ele, porque vi que tinha sinais de vida”, contou. De acordo com o rapaz, o garoto n√£o foi atingido por pouco, j√° que o beb√™ conforto onde ele estava chegou a ser tocado pela estrutura met√°lica.

Apesar de n√£o ficar ferido, o menino estava engasgando por conta do impacto da batida, segundo Erik. “Eu retirei a crian√ßa do carro e vi que as vias a√©reas estavam entupidas”, disse ele, explicando que fez uma manobra para salv√°-la.

Em seguida, o homem levou o garoto para o canteiro da pista, onde continuou a efetuar os primeiros socorros até a chegada da médica Raísa Dourado, que passava no local após o acidente.

Ela também ajudou nos primeiros atendimentos às vítimas. Foi Raísa quem constatou a morte de Ana Carolina, ao confirmar que ela não apresentava batimentos cardíacos.

Al√©m de participar do socorro ao garoto, Ra√≠sa tamb√©m ajudou no atendimento a Leandro Nery de Jesus, pai do beb√™ e que estava ao lado do filho no banco traseiro do Voyage. Logo depois, ele foi atendido por uma ambul√Ęncia do Samu. Em seguida, levado para um hospital com uma fratura. De acordo com Ra√≠sa, pai e filho est√£o est√°veis.

Acidente

De acordo com testemunhas, o acidente ocorreu após Ana Carolina perder o controle do Voyage. Segundo Erik, o carro bateu no guardrail, que atravessou o automóvel. Em seguida, o veículo virou e bateu na lateral de um carro da marca JAC, que seguia atrás.

O segundo automóvel era conduzido por Nelson Reis, que permaneceu no local do acidente. Ele confirmou a versão apresentada por Erik e também relatou que Ana Carolina perdeu o controle da direção. Apesar da gravidade da ocorrência, Nelson saiu ileso.

(Foto: Reprodução)