In√≠cio Brasil N√ļmero de mortos em Brumadinho chega a 84; 42 foram identificados

N√ļmero de mortos em Brumadinho chega a 84; 42 foram identificados

Segundo a Defesa Civil, 276 pessoas continuam desaparecidas

(Foto: divulgação/Corpo de Bombeiros)

Por Agência Brasil

No quinto dia de buscas a v√≠timas do rompimento da barragem de rejeitos da Vale, em Brumadinho, a Defesa Civil de Minas Gerais confirmou 84 mortos e 276 desaparecidos na trag√©dia ocorrida na √ļltima sexta-feira (25). O Corpo de Bombeiros informou que o n√ļmero de mortos √© ainda maior, porque corpos localizados no come√ßo da noite n√£o est√£o nesse registro.

‚ÄúComo temos a possibilidade de encontrar mais corpos nas √°reas pr√≥ximas ao refeit√≥rio [da mineradora], acreditamos que aumentaremos o n√ļmero de pessoas encontradas‚ÄĚ, disse o porta-voz do Corpo de Bombeiros, tenente Pedro Aihara.

Segundo o porta-voz, foram encerradas as buscas em um √īnibus, onde foram localizados tr√™s corpos. Mais dois mortos foram encontrados em uma √°rea que deve ser o restaurante, por causa do mobili√°rio e pela presen√ßa de dois botij√Ķes de g√°s. As buscas ser√£o retomadas √†s 4h desta quarta-feira (30).

Segundo a Polícia Civil, dos 84 corpos, 42 foram identificados. No Instituto Médico-Legal (IML), foram atendidas 47 pessoas de 28 famílias. Para amanhã, o IML agendou 35 atendimentos de familiares para coleta de material necessário à identificação das vítimas.

Cerca de mil policiais militares estão acampados na zona rural de Brumadinho, fazendo o patrulhamento da área para evitar saques. Segundo o major Flávio Santiago, serão dois dias de grande operação, mas o comando da Polícia Militar definirá se haverá necessidade de estender a ação por mais tempo.

Segundo boletim da Defesa Civil, dos 276 desaparecidos, 106 s√£o empregados da Vale. de acordo com os dados, oito pessoas est√£o hospitalizadas, mas n√£o h√° informa√ß√Ķes sobre o estado de sa√ļde delas. O n√ļmero de desabrigados chega a 176.