Início Brasil Novo grupo do Bolsa Família recebe primeira parcela do auxílio emergencial nesta...

Novo grupo do Bolsa Família recebe primeira parcela do auxílio emergencial nesta segunda

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE
Foto: reprodução / Agência Brasil

Beneficiários do programa Bolsa Família com Número de Inscrição Social (NIS) terminado em 6 recebem nesta segunda-feira (26/4) a primeira parcela do auxílio emergencial 2021.

Aqueles que recebem a ajuda por meio da conta social digital Caixa Tem só podem movimentar os valores pelo próprio aplicativo. Já aqueles que recebem por meio do Cartão Bolsa Família ou do Cartão Cidadão podem sacar o dinheiro.

O recebimento dos recursos segue o calendário normal do Bolsa Família, pago nos últimos dez dias úteis de cada mês. Com isso, os pagamentos tiveram início no último dia 16 e seguem até 30 de abril.

Segundo o Ministério da Cidadania, 10 milhões de beneficiários do programa receberão o auxílio emergencial em ainda este mês, totalizando total de R$ 2,98 bilhões. Ao menos 50% desse público, cerca de 5 milhões de pessoas, são mulheres chefes de família, que receberão R$ 375 cada uma. Outros 3,34 milhões receberão parcelas de R$ 250, enquanto 1,56 milhão terão pagamentos de R$ 150.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

O auxílio emergencial, criado em abril de 2020 pelo Governo Federal para atender pessoas vulneráveis afetadas pela pandemia de Covid-19, foi pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães chefes de família monoparental e, depois, estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada.

Este ano, a nova rodada de pagamentos, durante quatro meses, prevê parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil: as famílias, em geral, recebem R$ 250; a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375; e pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.

Com informações do Aratu ON