Início Brasil Nota fiscal mostra consumo de R$ 1 mil em bebidas antes da...

Nota fiscal mostra consumo de R$ 1 mil em bebidas antes da morte de Mc Kevin

Grupo no telegram: t.me/seligacamacari | Site de vagas em Camaçari: ACESSE
(Divulgação)

O cantor Kevin Nascimento Bueno, conhecido como MC Kevin, consumiu R$ 1.555,40 no Kiosque Carioca, na orla da Barra da Tijuca, momentos antes da morte do funkeiro. Desse valor, R$ 1.070 foram de consumo de bebidas alcoólicas, como caipirinha, caipivodka, cerveja, tequila, gim, além de enérgico, que não tem álcool, mas é consumido junto com outras bebidas.

As informações são do jornal O Globo, que teve acesso à nota fiscal do que Kevin consumiu na companhia dos amigos Victor Elias Fontenele, Jhonatas Augusto Cruz e Gabriel, além da modelo Bianca Domingues, que eles conheceram naquele mesmo dia, na praia.

O grupo consumiu ainda isca de peixe com batata frita, camarão sem casca com aipim, contra-filé, água de coco, refrigerantes e sorvete com brownie. A conta foi paga no cartão de débito às 18h02, apenas 11 minutos antes de bombeiros serem acionados para socorrer o funkeiro, que caiu da suíte 502 do hotel, que fica logo em frente à praia onde eles estavam.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. Nosso site não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.
Nota fiscal mostra consumo em quiosque momentos antes da morte de MC Kevin (Foto: Reprodução)

Em depoimento prestado à polícia, os amigos de MC Kevin que estavam com ele no quiosque relataram que sentaram na mesa 22, que fica perto da areia da praia. Bianca estava na 35, onde foram consumidas sete caipivodkas com frutas. A moça trocou olhares com o funkeiro e foi convidada para se juntar a eles, aceitando o convite. Pouco depois, combinaram de fazer sexo no hotel, pelo valor de R$ 2 mil.

A polícia já apurou também que o grupo fumou maconha no local. Um dos amigos de Kevin, Jhonatas disse em depoimento que eles “beberam diversos drinks e fumaram alguns baseados”, e que os cigarros “foram trazidos de São Paulo” e que “cada um comprou a sua droga”.

Segundo o inquérito policial, pouco depois de 17h, Victor e Bianca deixaram o quiosque e foram para o hotel. Minutos depois, Kevin foi na mesma direção, já que os três combinaram de transar. Jhonatas tentou participar das relações, mas Bianca se recusou.

A investigação aponta ainda que, Kevin foi para a varanda com Bianca, com medo de ser flagrado pela esposa, a advogada Deolane Bezerra, que estava hospedada no quarto 1305 do mesmo hotel. Assustado e com medo da reação da esposa, com quem estava casado há apenas 20 dias, o funkeiro tentou passar para o andar de baixo, pela sacada, mas se desequilibrou e caiu de uma altura de 18 metros.

Kevin chegou a ser levado para o Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, mas morreu no local. Ele sofreu 13 fraturas, do nariz, maxilar, mandíbula e costelas, além de hemorragia na cabeça, perfuração no pulmão e rompimento do fígado. A causa da morte é descrita como traumatismo crânio encefálico.

Com informações do Correio da Bahia